Estudantes deixam prédio da reitoria da PUC em SP

Ocupação para reivindicar a redução no valor das mensalidades teve início na manhã de quinta-feira, 18

Priscila Trindade, Central de Notícias

20 Novembro 2010 | 10h36

SÃO PAULO - Os cerca de 300 estudantes que ocupavam a reitoria da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) desocuparam o prédio na madrugada deste sábado, 20, localizado em Perdizes, na zona Oeste da capital. A ocupação para reivindicar a redução no valor das mensalidades teve início na manhã de quinta-feira, 18.

 

O ato é uma forma de dar continuidade as negociações. Segundo os alunos, a desocupação foi um pedido da Fundação para que houvesse negociação. Após deixarem o local, por volta das 2 horas da madrugada, os estudantes enviaram uma carta para a Fundação São Paulo (Fundasp), mantenedora da PUC-SP, pedindo uma reunião na segunda-feira, 22, que ainda não foi confirmada.

 

Como a desocupação foi pacífica, a Polícia Militar não precisou ser acionada. A PUC-SP não foi encontrada para comentar a saída dos alunos da reitoria.

Mais conteúdo sobre:
PUCSão PauloReitoriaocupação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.