Estudantes de Etecs fazem protestos no interior de SP

Manifestações ocorreram em Campinas e Ribeirão Preto

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 Maio 2016 | 16h18

SOROCABA - Estudantes de escolas técnicas fizeram protestos contra a falta de merenda em Campinas e Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, nesta sexta-feira, 6. Cerca de 300 alunos da Escola Técnica Estadual Conselheiro Antonio Prado, de Campinas, fizeram uma passeata pelas ruas do centro contra cortes de verba na educação e a falta de merenda. 

Eles alegam que passam períodos de até oito horas na escola e não recebem alimentação. O trânsito teve de ser desviado durante a caminhada que bloqueou a avenida Cônego Antonio Roccato. Uma faixa trazia os dizeres: “Dilma e Alckmin inimigos da educação”.

Em Ribeirão Preto, cerca de 150 estudantes fizeram um protesto em frente à sede da Secretaria Estadual de Educação, na região central da cidade, pedindo a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa de São Paulo para investigar fraudes na merenda escolar. 

Alguns manifestantes portavam cartazes pedindo o fim da corrupção. O protesto durou cerca de duas horas e não houve incidentes. No início da tarde, em São Roque, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) negou que esteJa havendo corte de verba das Etecs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.