Estudantes de Curitiba acham prova tranquila e ignoram boatos de adiamento

No Paraná, foram 280.135 estudantes e somente na capital foram 65.500 inscritos distribuídos por 38 locais de provas

Julio Cesar Lima, de O Estado de S. Paulo,

03 Novembro 2012 | 18h05

CURITIBA - O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Curitba (PR), foi considerado tranquilo por muitos estudantes. Os primeiros alunos a deixarem o Colégio Estadual do Paraná, no Centro, consideraram as questões fáceis e pretendem concentrar os esforços para o segundo dia, quando cairão Português e Matemática, além da Redação. No Paraná, foram 280.135 estudantes e somente na capital foram 65.500 inscritos distribuídos por 38 locais de provas.

A maioria desconhecia os boatos nas redes sociais sobre um possível adiamento das provas do Enem neste final de semana. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal. A estudante Janaína Monteiro, 27 anos, tenta uma vaga no curso de Direito, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ela fez a prova do Enem em 2004 e considerou a atual muito melhor. "Atualmente a prova está mais contextualizada, as matérias conversam mais entre si e isso ajudou muito no momento dos testes", comparou.

Já o jovem Alan Felipe, de 20 anos, tenta pelo segundo ano o Enem para chegar à graduação de Psicologia. Ele considerou fáceis as questões e está apostando em uma boa redação na prova de domingo. Alan tambémouviu boatos sobre uma suposta anulação da prova. "Algumas pessoas comentaram, não cheguei ler ou ver alguma coisa, mas sim cometários", disse.

Adelaide de Souza tem 34 anos e não se deixou levar pelos boatos."Onde trabalho muitas pessoas comentaram isso (adiamento da prova), mas estava concentrada para este final de semana", disse. Ela usará o Enem para pleitear uma vaga no curso de Terapia Ocupacional. Na opinião de Ademir Chaves, 34 anos, a prova não foi tão fácil, mas ele admite que estudou pouco. Chaves trabalha como vigilante e gostaria de conquistar uma bolsa de estudo para poder cursar administração. "Já são mais de 10 anos que estudei, por isso tive dificuldade", concluiu.

No primeiro dia os alunos fizeram provas de Ciências Humanas que incluíram as provas de História, Geografia, Filosofia e Sociologia, e Ciências da Natureza, Química, Física e Biologia.

O exame continua neste domingo, 4, com provas de Redação, Português e Matemática.

Mais conteúdo sobre:
Enem Curitiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.