Estágio: conheça a empresa

Universitário deve se concentrar nas empresas e atividades com as quais se identifica

Lorena Amazonas, Especial para o Estadão.edu,

31 Janeiro 2012 | 02h29

Obter experiência profissional durante a faculdade pode ser fundamental para ter emprego depois dela. É para isso que servem os estágios. Marcelo Orticelli, diretor da área de pessoas do Itaú Unibanco, recomenda que o aluno estude a história, estratégia, natureza dos negócios, cultura e resultados da empresa onde quer trabalhar, explorando sites, revistas e relatórios da própria companhia.

 

“Isso ajuda a assimilar os conteúdos que serão apresentados durante o programa”, explica Orticelli. “E, por ter uma visão global da empresa, a apresentar soluções mais completas.” O estagiário tem oportunidade de lidar com muitos profissionais. “Por isso, deve estar aberto a formas de pensar diferentes e atento à cultura de trabalho da empresa”, acrescenta.

 

Para Rafaela Carneiro, gerente de desenvolvimento da Internacional Paper, o aluno deve se concentrar nas empresas e atividades com as quais se identifica. “Não precisa decidir definitivamente onde vai ficar, mas é bom saber mais ou menos o que quer”, afirma.

 

Adriana Vasconcelos, gerente de recrutamento da IBM Brasil, recomenda que o futuro estagiário conheça a empresa e o ramo de atuação. “Precisa saber falar um pouco sobre a companhia, ter jogo de cintura e aguentar pressão durante a dinâmica de grupo”, diz.

 

A pesada carga horária do curso de Arquitetura da USP só permitiu a Mariane Takahashi começar um estágio no penúltimo ano da graduação. “Estagiar é bom porque mesmo se os processos são parecidos com o que se vê na faculdade, aprendem-se ferramentas novas e outros pontos de vista”, conta.

Mais conteúdo sobre:
EstágioEstagiário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.