Estado abre prova do Saresp para escolas particulares

Em 2007, apenas a rede estadual participou do Saresp; prova já havia sido aberta para rede municipal

da Redação,

22 de setembro de 2008 | 15h39

A Secretaria de Estado da Educação decidiu abrir o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) à participação de escolas particulares. Qualquer unidade privada poderá ter acesso ao sistema de avaliação oficial do governo do Estado.   Nesta segunda-feira, 22, a secretaria inicia o período para adesão de escolas privadas. As que quiserem participar devem preencher, até 6 de outubro, um termo que pode ser encontrado no site da secretaria (www.educacao.sp.gov.br).   Em 2007, apenas a rede estadual participou do Saresp. Em junho deste ano a secretaria já havia anunciado a abertura para as redes municipais.   Prefeituras e escolas particulares deverão arcar com os custos de produção e aplicação das provas, processamento de resultados e boletins. Após a adesão, manterão contato diretamente com a Fundação Cesgranrio, contratada pela secretaria para prestação de serviços no Saresp. As redes ou escolas que aderirem terão de aplicar a avaliação nas séries definidas pela secretaria, em todos os alunos dos períodos manhã, tarde e noite.   O Saresp voltou a ser aplicado pelo governo do Estado em 2007, após não acontecer em 2006. Neste ano avaliará, em 25 e 26 de novembro, todos os alunos de 2ª, 4ª, 6ª e 8ª séries do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio da rede estadual em língua portuguesa, matemática e ciências da natureza.

Tudo o que sabemos sobre:
educaçãosaresp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.