Especialização em Urologia será ampliada para três anos

A Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), do Ministério da Educação (MEC), aprovou por unamidade que os cursos de especialização em Urologia terão um ano extra, totalizando três anos de residência. A norma valerá a partir de 2005.Com a mudança, a formação completa de um urologista passa a levar 11 anos, contando-se os seis anos regulares do curso de Medicina, mais dois dedicados à preparação em cirurgia geral e os três da especialização. A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) emitiu nota aprovando a decisão da comissão, por ajudar a "ampliar o nível de qualificação profissional e científica nas escolas de medicina brasileiras".

Agencia Estado,

16 de outubro de 2003 | 17h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.