Escolas agrotécnicas terão acesso gratuito à internet

Pelo menos 27 das 36 escolas agrotécnicas federais passarão a ter conexão gratuita à internet a partir de julho. A meta do governo federal é que todas tenham uma rede acadêmica própria, com conexão à internet, já que a maioria delas está localizada no interior. Segundo o Ministério da Educação, as outras unidades receberão o serviço a partir do segundo semestre.O acesso será feito por banda larga, via satélite ou cabos de fibra ótica, dependendo da região em que estiver localizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.