Escola bloqueia celulares para evitar cola

Ficou mais difícil colar na prova. O Ministério da Educação da Itália está testando um novo dispositivo que mistura os sinais de celulares em ambiente fechados, num raio de até 80 metros, impedindo que os alunos recebam ou enviem mensagens durante os exames.O Instituto Técnico Enrico Tosi está servindo de laboratório para o novo sistema ao longo desta semana. "Normalmente, as escolas tentam confiscar os celulares antes dos testes, mas isso não garante que ninguém tenha escapado", explica Benedetto Di Rienzo, diretor da escola. Se der certo, o projeto poderá se estender por todo o país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.