Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Enem será aplicado em três datas diferentes

Aplicação do exame para alunos afetados pelas ocupação das escolas ocorrerá em 3 e 4 de dezembro e para presos, nos dias 13 e 14 do mesmo mês. Maioria dos candidatos fará a prova neste fim de semana, 5 e 6 de novembro

Luci Ribeiro, O Estado de S. Paulo

04 Novembro 2016 | 08h09
Atualizado 04 Novembro 2016 | 13h06

BRASÍLIA - O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em três datas diferentes. A maior parte dos candidatos fará a prova neste fim de semana, 5 e 6 de novembro. Os cerca de 240 mil alunos que tiveram o exame adiado por causa da ocupação das escolas farão nos dias 3 e 4 de dezembro (sábado e domingo). Já a prova para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa foi remarcada para 13 e 14 de dezembro (terça e quarta-feira), conforme Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 4.

O Estado informou erroneamente na manhã desta sexta que a data da prova dos alunos das escolas ocupadas também havia sido alterada para 13 e 14. 

Nesta quinta-feira, 3, a Justiça Federal no Ceará rejeitou o pedido do procurador da República Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, de adiar o Enem para todos os candidatos do País. Com isso, a prova para a maior parte dos candidatos - não afetada pelas ocupações - está mantida para este fim de semana, 5 e 6 de novembro.

O MEC deve divulgar ainda nesta sexta-feira uma lista atualizada das escolas ocupadas onde o Enem será adiado, agora para 13 e 14 de dezembro. 

Correção: 4 de novembro de 2016, às 11h03

A reportagem foi atualizada para corrigir a data de prova dos alunos afetados pela ocupação das escolas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.