Enem para detentos terá 30 mil participantes; provas serão em dezembro

Número de inscritos em 2013 cresceu 28,1% em relação ao ano passado

Guilherme Soares Dias/ Especial para o Estado,

08 Novembro 2013 | 18h38

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pessoas privadas de liberdade e para adolescentes que cumprem medidas socioeducativas terá 30 mil participantes em 2013, alta de 28,13% em relação a 2012. No ano passado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recebeu 23,6 mil inscrições. Em 2011, foram 14,1 mil; em 2010, 14,4 mil.

As provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro, nas unidades prisionais e socioeducativas. A aplicação do exame será similar ao tradicional, realizado em 26 e 27 de agosto. No primeiro dia, haverá provas de Ciências Humanas e suas tecnologias e de Ciências da Natureza e suas tecnologias, com duração de 4h30. No segundo dia, as de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e Matemática, com duração de 5h30 minutos.

 

As inscrições foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição. Eles também estarão encarregados do acesso aos resultados, da divulgação das informações do exame aos inscritos e do encaminhamento dos candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a outros programas de acesso à educação superior.

Mais conteúdo sobre:
Enem detento medidas socioeducativas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.