Enem para detentos começa a ser aplicado nesta 4ª

Dos 15 mil candidatos, 13 mil se inscreveram para conseguir diploma do ensino médio

Estadão.edu

15 Dezembro 2010 | 11h21

Pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa começam a fazer o Enem nesta quarta-feira, 15. A prova será aplicada para mais de 15 mil detentos distribuídos em cerca de 550 presídios em todas as unidades da federação. Desse total, 13 mil se inscreveram para conseguir diploma do ensino médio.

 

Nesta quarta, os candidatos fazem as 45 questões de ciências humanas e 45 de ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). Amanhã, serão aplicados os testes de linguagens e códigos (45 questões), matemática (45 questões) e redação, das 13h às 18h30 (horário de Brasília).

 

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no site do Inep (http://www.inep.gov.br) até segunda-feira, 20.

 

O exame será realizado em unidades prisionais ou socioeducativas indicadas pela Secretaria de Segurança Pública de cada Estado, secretarias de Justiça dos Estados, órgãos da Administração Penitenciária e Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente. A aplicação é da responsabilidade do consórcio Cespe e Cesgranrio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.