Pablo Valadares/AE
Pablo Valadares/AE

Enem exige de aluno postura de um cidadão

O Enem usa temas relacionados à cidadania na prova. “Eles querem avaliar como o aluno se posiciona em relação ao mundo onde vive, do ponto de vista cultural e político”, afirma o professor Miguel Castro. Em um ano eleitoral, a questão da cidadania pode vir ainda com mais força.

Luciana Alvarez e Mariana Mandelli, O Estado de S. Paulo

04 Outubro 2010 | 11h03

 

Veja também:

Enem deve privilegiar questões de meio ambiente, apostam professores

Temas verdes devem fazer parte da prova

Atenção a problemas nacionais

Questões internacionais podem aparecer

 

“Podemos esperar perguntas que abordem a importância do voto e dos cargos públicos, sobre o funcionamento da República, sobre direitos e deveres dos cidadãos”, diz Castro. Portanto, não é preciso perder tempo tentando decorar siglas ou números de candidatos. “Em tese, as questões são claras, sem pegadinhas. O segredo é usar o bom senso.”

 

O professor Omar Bumirgh diz não acreditar que caia na edição deste ano algo diretamente ligado às eleições. “Talvez tenha questões falando de políticas afirmativas do governo, como o Bolsa Família”, afirma. “A situação do Brasil está distante do ideal, mas os índices sociais estão melhorando. A prova pode indagar as razões disso.”

 

Além de trazer um conteúdo recorrente no Enem de anos anteriores, questão sobre os índices de desempenho social, educacional e econômico do País podem verificar ao mesmo tempo a capacidade do aluno de interpretar gráficos e tabelas. “Dados mostram que houve uma evolução, embora tímida, na questão social”, lembra o professor André Guibur.

Mais conteúdo sobre:
Enem 2010temas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.