Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Simulados do Enem 2020: Conheça cinco plataformas gratuitas

Ferramentas online estimam resultado na prova seguindo a Teoria da Resposta do Item

Ilana Cardial, especial para o Estadão

15 de janeiro de 2021 | 08h00

Conhecer a prova é parte essencial na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Estadão reuniu cinco plataformas que oferecem simulados gratuitos para o Enem. Além do gabarito, algumas delas apresentam uma estimativa de resultado que segue a Teoria de Resposta ao Item (TRI), modelagem estatística que leva em consideração a dificuldade de cada questão e busca evitar “chutes”. 

O primeiro dia de prova será neste domingo, 17, com questões de Ciências Humanas, Linguagens e a Redação. Já as perguntas sobre Ciências da Natureza e Matemática aparecem no segundo domingo de provas, 24 de janeiro. A nota do Enem é usada para o ingresso em universidades públicas por meio do Sisu.  

Confira abaixo simulados gratuitos para o Enem 2020: 

Aplicativo do Enem 

Pela primeira vez, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza um aplicativo do Enem com um simulado para os candidatos. São 45 questões de provas anteriores para cada uma das quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática. Não há uma proposta de redação. 

Ao fim de cada sessão, o aluno tem o resultado de quantas questões acertou e pode verificar o gabarito.

Não é necessário cadastro e, para acessar o simulado, é só baixar o aplicativo. Disponível para Android e iOS.

Descomplica

O Descomplica é um cursinho pré-vestibular online. Até o dia 24/1, qualquer estudante pode se cadastrar e acessar o Simulado Enem 2020 gratuitamente. São disponibilizadas 180 questões inéditas sobre Ciências Humanas, Linguagens, Ciências da Natureza e Matemática. Ao final, são atribuídos o número de acertos, o resultado estimado de acordo com a TRI e um gabarito para correção.

Para a redação, o Descomplica oferece uma proposta de tema e textos de apoio. A correção, porém, está disponível apenas para assinantes. 

O simulado faz parte do Relashow Enem, uma iniciativa da plataforma para relembrar conteúdos às vésperas da prova. 

Me salva!

O Me Salva! também é um cursinho online e dispõe de um simulado aberto até o dia 25/01. Seguindo o modelo Enem, são 45 questões para cada área de conhecimento. Todas as perguntas são inéditas, elaboradas pelos professores do Me Salva!. 

Depois de fazer o cadastro, o aluno pode escolher entre fazer os modos online e offline. No online, as perguntas são respondidas diretamente no sistema. Enquanto no offline, a prova deve ser baixada e respondida manualmente. Para a correção, o aluno deve transpor as respostas para o sistema online.

Apesar do plano gratuito não incluir a correção da redação, quem não for assinante pode adquiri-la de modo avulso por R$ 15,90.  

Blog do Enem

O Blog do Enem concentra conteúdos gratuitos para o vestibular. Diferentemente das outras plataformas, os simulados do blog não são divididos por área de conhecimento, mas sim por assuntos dentro de cada disciplina. Assim, o candidato pode revisar pontos específicos, como mitose em Biologia ou tipos de sujeito em Português. 

Cada simulado conta com 10 questões e, ao fim, oferece o porcentual de acertos. Quando o estudante erra, uma aula de revisão é recomendada. Não é necessário cadastro para acessar os simulados. 

Ensino Médio FGV

A Fundação Getúlio Vargas mantém o portal FGV Ensino Médio Digital. Os estudantes devem se cadastrar para criar simulados personalizados que reproduzem o formato do Enem. As provas podem ter de 16 a 90 questões, com uma ou duas áreas de conhecimento. O desempenho do aluno é avaliado pelo próprio sistema e todas as questões contam com respostas comentadas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.