Divulgação
Divulgação

Em protesto contra reforma e PEC, estudantes ocupam Etec em Sorocaba

Escola Técnica Estadual Professor Rubens de Faria e Souza é segunda unidade de ensino tomada na cidade do interior de São Paulo

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

16 Novembro 2016 | 15h58

SOROCABA - Estudantes ocuparam a Escola Técnica Estadual (Etec) Professor Rubens de Faria e Souza, na região central de Sorocaba, no interior de São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 16. Eles protestam contra a reforma do ensino médio e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 do governo federal, que limita os gastos públicos, até mesmo para a educação.

É a segunda unidade escolar ocupada por alunos neste mês na cidade. A Escola Estadual Jorge Madureira, no Jardim Guaíba, foi tomada pelos alunos na última quinta-feira, 10, e permanece ocupada. 

De acordo com o Novo Comando Estudantil, cerca de 100 alunos estão na Rubens de Faria, a maior escola técnica da cidade. Segundo ele, houve assembleia com os demais estudantes e um acordo com a direção da escola para que as aulas não fossem interrompidas.

Já segundo o Centro Paula Souza (CPS), que mantém as escolas técnicas, o grupo que entrou no pátio da escola reuniu-se com os demais alunos e a maioria votou contra a ocupação. Novas assembleias seriam votadas com as turmas da tarde e da noite. Conforme o órgão, o movimento é pacífico.

Em relação à Escola Jorge Madureira, a Diretoria Regional de Ensino informou que as aulas não foram afetadas e que registrou boletim de ocorrência, mas aguarda a desocupação voluntária ainda nesta quarta-feira, pois esse era um compromisso dos estudantes.

Mais conteúdo sobre:
SouzaSão PauloPECRubens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.