Em menos de dois dias, 1 milhão de pessoas já se inscreveram no Enem

Ministério da Educação recomenda que candidatos não deixem cadastro para última hora; provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2014 | 20h54

Em menos de 48 horas, um milhão de candidatos se inscreveram para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. O sistema para cadastro foi aberta na segunda-feira, 12, às 10h. O prazo para as inscrições termina às 23h59 do dia 23 de maio e as provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro.

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pelo exame, recomenda que os candidatos não deixem a inscrição para a última hora. Os melhores horários para fazer o cadastro são até 9h, entre 14h e 17h e após 21h. O valor de inscrição do Enem, de R$ 35, pode ser pago até 28 de maio. Alunos de escolas públicas estão isentos da taxa.

A nota do Enem é utilizada como critério para acesso ao ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), plataforma que reúne vagas do ensino superior público, e do Programa Universidade para Todos (ProUni), que dá bolsas em universidades privadas. A prova também é requisito para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ou participar do programa Ciência sem Fronteiras.

O exame também serve para concorrer a vagas gratuitas dos cursos técnicos ofertados pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio da nota na prova.

Mais conteúdo sobre:
enem vestibular prova exame

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.