Nelson Antoine/AP
Nelson Antoine/AP

Em depoimento, Geisy relembra assédio em universidade

Estudante compareceu à Delegacia de Defesa da Mulher para prestar esclarecimentos sobre episódio

Priscila Trindade, da Agência Estado,

26 Novembro 2009 | 19h59

A estudante de turismo Geisy Arruda, de 20 anos, depôs nesta quinta-feira, 26, à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e relatou detalhes do dia em que foi hostilizada por colegas da Universidade Bandeirantes (Uniban) por causa de um vestido curto. O depoimento foi acompanhado por um advogado da universidade.

Acompanhada de seu advogado de defesa, Marcelo Chilelli, a universitária confirmou o assédio que sofreu no dia 22 de outubro, quando foi xingada e ameaçada de estupro por outros estudantes.

Segundo Chilelli, outras pessoas envolvidas no caso serão convocadas para depor, assim que a instituição de ensino entregar as fitas com as imagens do dia em que a aluna foi hostilizada à Polícia.

No último dia 18, uma colega de sala de Geisy, a estudante Paola Cristina Fernandes, prestou depoimento durante três horas na DDM. Ela confirmou a história relatada pela colega.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.