Em 17 faculdades de SP, nenhum aprovado na OAB

No total, 90 escolas de Direito do País não conseguiram aprovar estudantes no último Exame de Ordem

Isis Brum, Jornal da Tarde

06 Julho 2011 | 11h28

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) encaminhou ontem ao ministro da  Educação, Fernando Haddad, um ofício com a lista das 90 faculdades que não tiveram aprovados na prova passada da entidade – 17 delas são do Estado de São  Paulo. O objetivo é que essas escolas sejam submetidas ao regime de supervisão, sendo acompanhadas pelo Ministério da Educação (MEC), de forma que cumpram  algumas metas. Caso contrário, poderão ser punidas com redução de vagas, suspensão de cursos e, em casos extremos, fechamento.

 

Daniel Manduca Ferreira, diretor acadêmico da Faculdade de Araraquara/ Uniesp, que também responde pela Faculdade Savonitti, afirma que a recente incorporação da instituição interferiu no desempenho.

 

Silvia Maria Ferreira Ramos, diretora da Faculdade do Guarujá/ Uniesp, justifica o resultado da instituição pela ausência de turmas formadas. “Estou terminando (neste semestre) de formar minha primeira turma”. A mesma justificativa foi usada pela direção das faculdades Cidade Luz (Faciluz) e  Unidade de Suzano.

 

Das 17 reprovadas, a Faculdade Campo Limpo Paulista (Faccamp) teve o maior número de candidatos: 71 – e nenhum aprovado. “Os nossos índices sempre foram bons. Mas vamos reforçar os cursinhos de sábado e tentar atrair mais o interesse dos alunos”, diz o coordenador do curso Mauro Cabral dos Santos.

 

Já Antonio Toledo Filho, gestor administrativo da Faculdade Iteana de Ibitinga, explica que a amostra de alunos da instituição que prestou é “insignificante”, já que um aluno fez a prova. A Faculdade de Americana também alegou que apenas três estudantes participaram do exame, sendo todos treineiros.

 

A Faculdade Carlos Drummond de Andrade contesta os números da OAB, dizendo que dos dez participantes reprovados, um teria passado após recurso favorável.

 

Apesar de contar com 22 alunos entre os inscritos na prova, de acordo com a OAB, a Faculdade da Aldeia de Carapicuíba nega a participação. “Nenhum aluno nosso participou deste ultimo exame”, afirma Walter Pereira, coordenador da Comissão de Processo Seletivo da instituição. As faculdades de Presidente Prudente/Uniesp e Politécnica de Campinas ressaltaram a qualidade de seus docentes. As demais faculdades listadas não responderam à reportagem.

 

NINGUÉM PASSOU

 

Centro Univ. Barão de Mauá

Centro Univ. Central Paulista

Faculdade Anhanguera de Jundiaí Faculdade Anhanguera de Osasco

Faculdade Bertioga

Faculdade Campo Limpo Paulista

F. Carlos Drummond de Andrade

Faculdade Cidade Luz

F. da Aldeia de Carapicuíba

Faculdade de Americana

F. de Presidente Prudente/ Uniesp

Faculdade do Guarujá/Uniesp

Faculdade Iteana de Ibitinga

F. Politécnica de Campinas

Faculdade Savonitti/Araraquara

Faculdade Unidade de Suzano

Escolas do Grupo FAIMI de Educação

Mais conteúdo sobre:
OAB Exame de Ordem Exame da OAB Direito

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.