Marcos Santos/USP Imagens
Marcos Santos/USP Imagens

Eleições de reitor e de vice-reitor da USP têm duas chapas na disputa

Pleito por meio de sistema eletrônico de votação será no dia 25 de novembro; mandato é de quatro anos

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2021 | 00h41

Duas chapas vão concorrer às eleições de reitor e de vice-reitor da Universidade de São Paulo (USP) no dia 25 de novembro. A chapa 1 “USP Viva” é encabeçada por Carlos Gilberto Carlotti Junior, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, e tem Maria Arminda do Nascimento Arruda, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, como candidata a vice-reitora. A Chapa 2 “Somos todos USP” tem Antonio Carlos Hernandes, do Instituto de Física de São Carlos e atual vice-reitor, concorrendo à vaga de reitor. Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado (Faculdade de Odontologia de Bauru) é a candidata à vice-reitora.

A eleição para composição da lista tríplice será por meio de sistema eletrônico de votação. A Assembleia Universitária é formada pelo Conselho Universitário, pelos Conselhos Centrais, pelas Congregações das Unidades e pelos Conselhos Deliberativos dos Museus e dos Institutos Especializados. O pleito será acompanhado primeira vez por uma comissão formada por observadores externos à universidade.

No dia 9 de novembro, está prevista a realização de um debate virtual entre os candidatos. O reitor e o vice-reitor da USP serão nomeados pelo governador João Doria (PSDB) a partir da lista tríplice.

O atual reitor da USP é o engenheiro Vahan Agopyan, que assumiu o cargo em 2018. A nova gestão inicia em 25 de janeiro de 2022 um mandato de quatro anos com o desafio de comandar uma das mais importantes universidades do País no pós-pandemia. A USP anunciou que, após um ano e meio, estava preparada para o retorno presencial no início do mês, mas as principais unidades optaram por cronogramas com retomada apenas para 2022, como as faculdades de Direito, de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), e a USP Leste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.