<!-- eformação -->Conquistar uma vaga de estágio é apenas o primeiro desafio vencido

Batalhar por uma vaga no mercado é atividade que deixa qualquer pessoa aflita. É necessário lidar com a ansiedade que marca a busca por uma oportunidade e, quando ela surge, a preocupação maior torna-se a incerteza diante da grande concorrência, além do estresse que dá o ar da graça diante do crivo de entrevistas e dinâmica de grupos. Não é fácil.Para um estudante que pela primeira vez parte para o mercado, a maratona não termina por aí. Ele terá que enfrentar também um ambiente com o qual ainda não deparou: o profissional. "A sensação é a de um primeiro dia de aula em uma nova escola", conta o estudante Bruno Imamura, que conseguiu o seu primeiro estágio há aproximadamente dois meses, na área de análise de crédito em uma instituição financeira.AssustadoDe acordo com o estudante, uma das principais reações, ao saber da conquista da vaga, foi ficar assustado com o fato de ter que lidar com um ambiente novo e com a presença de pessoas com diferentes perfis. "Afinal, antes de termos esta experiência, geralmente convivemos com família ou amigos", comenta.A reação de Bruno é, certamente, compartilhada por outros jovens que passam pela primeira experiência. Como ocorreu com André da Costa Silva, já no seu terceiro estágio, na área de Desenvolvimento de Sistemas da Compugraf. Ele lembra que a primeira experiência fez com que se sentisse em outro mundo.?Mas, aos poucos, fui me adaptando e acredito que uma das principais lições foi aprender a me relacionar com pessoas de diferentes perfis?, afirma. ?Essa habilidade, inclusive, contou pontos para que eu conseguisse outras oportunidades?.Leitura do ambienteHá algumas dicas que ajudam o estagiário a lidar com os seus primeiros dias em uma empresa. ?Observar e fazer uma leitura do ambiente e dos profissionais são atitudes que auxiliam na adaptação?, recomenda Viviane Massa, supervisora do Programa de Desenvolvimento Estudantil do CIEE. Ainda para superar a incerteza, vale também informar-se sobre as regras da empresa.Outros conselhos que podem ajudar: ouvir atentamente as instruções, anotando em uma agenda prazos e detalhes importantes e perguntar a quem deve se dirigir, em caso de necessidade. ?Adotar uma postura empática ? ou seja, tentar sentir a situação da outra pessoa, caso estivesse no seu lugar - também é aconselhável?, sugere Viviane.

Agencia Estado,

24 de novembro de 2003 | 13h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.