Dutra diz aos dirigentes de Educação que analfabetismo não é doença

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, disse nesta quinta-feira, durante o 9° Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, que o analfabetismo não é uma doença e, sim, uma circunstância que tem de ser revertida. "O tempo na escola do povo brasileiro é um dos menores do mundo. Nós temos todas as condições para que as escolas públicas sejam de qualidade, universais, e que possam ligar o ensino com a vida, a profissionalização e com a cidadania", discursou.O 9° Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação continua nesta sexta-feira, até às 17h30,no setor Militar Urbano, em Brasília. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

08 de maio de 2003 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.