Domingo foi de disputa na FGV, PUC-SP e Fatecs

O comportamento dos jovens e o de crianças foram os temas das redações nos dois grandes vestibulares realizados neste domingo no Estado de São Paulo, os da Pontifícia Universidade Católica e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). No da PUC-SP, que teve a participação de mais de 20 mil candidatos, foi preciso dissertar sobre a influência da TV na vida das crianças. Com enfoque político, a FGV pediu aos estudantes que escrevessem sobre o impacto na democracia de uma oposição formada principalmente por jovens alienados e revoltados.Em ambas as provas, os candidatos elogiaram os temas das redações e disseram que não tiveram dificuldades. "Por ser um assunto bem atual, foi fácil discorrer", disse Pedro Macedo Cezar, de 17 anos, que prestou Economia na PUC-SP. "Os alunos não podiam esquecer de falar dos aspectos favoráveis e desfavoráveis da TV", lembrou a professora do Curso Objetivo Maria Aparecida Custódio.PUC-SPO vestibular da PUC-SP começou no sábado com 81 questões de múltipla escolha. No domingo foi a vez da parte dissertativa, com três perguntas interdisciplinares e a redação. O índice de abstenção médio foi de 8,88%. Estavam inscritos para a prova 26.120 estudantes, que concorrem a mais de 6 mil vagas em 55 cursos da PUC-SP, Senac, Faculdade de Direito de São Bernardo, Medicina do ABC, Albert Einstein e Medicina de Marília. A lista de aprovados sai no dia 12 de janeiro."Os vestibulandos poderiam ter escrito sobre alienação dos jovens, fanatismo e globalização", disse a professora do Curso Etapa Célia Passoni, sobre a redação da FGV. Segundo ela, as questões de português estavam muito fáceis, abordando temas elementares da gramática, como plural e tempos verbais.FGVO oposto ocorreu no exame de matemática da FGV. "Os temas das questões eram os de sempre, como juros e logaritmos, mas a exigência de cálculos foi bem maior que a usual", disse o professor do Etapa Edmilson Motta. "As questões eram complexas demais. A prova devia ter um tempo maior, as duas horas foram insuficientes para resolver todas", disse Werther Teixeira de Freitas, de 18 anos.A FGV seleciona alunos este ano para o seu novo curso de Economia, além de Administração de Empresas e Administração Pública. A lista de aprovado na FGV sai no dia 20.FatecsO Centro Paula Souza, que administra as 14 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) no Estado, também realizou seu vestibular neste domingo. Foram 48 questões de múltipla escolha sobre todas as disciplinas e uma redação. "A prova pediu assuntos básicos e fundamentais, que todo aluno de ensino médio deve saber", disse a professora do Objetivo Vera Lúcia da Costa Antunes.Os professores identificaram imprecisões em três questões do exame: as de número 27 e 29, em física, e a 10.ª pergunta de química. Ninguém do Centro Paula Souza foi localizado para comentar o assunto. A lista de aprovados para as cerca de 1.500 vagas em 18 cursos sai no dia 21 de janeiro.Fuvest e UnespNo próximo fim de semana é a vez do vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Só há uma fase e as provas vão de domingo a terça-feira. A Unesp oferece 6.310 vagas em várias cidades.A Fuvest deve divulgar esta semana as notas de corte em seu vestibular. As provas da primeira fase foram realizadas no dia 30. Dos mais de 150 mil vestibulandos, ficarão apenas o equivalente a três candidatos para cada vaga na segunda fase.A Fuvest informou que não há como prever as notas de corte - pontuação mínima para ir á segunda fase - e eventuais estimativas, como as que estão sendo divulgadas pela internet, não têm base científica.clique para ver as provas resolvidas e comentadas

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2003 | 21h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.