Diretores de exames dizem que é hora de descansar

Para diretores da Fuvest, Comvest e Vunesp, vestibulando deve descansar e viajar enquanto aguarda resultados

Mariana Mandelli, O Estado de S.Paulo

18 Janeiro 2010 | 10h46

Para saber como os vestibulandos podem aproveitar os dias entre os últimos exames e a divulgação dos aprovados, o Estado ouviu representantes de três dos maiores exames do País. Eles reconhecem que o período de provas foi um dos mais complicados dos últimos anos.   "Foi um ano muito duro e intenso, com mudanças ocorrendo rapidamente", afirma a diretora executiva da Fuvest, Maria Thereza Fraga Rocco. "Esses meninos são heróis, porque estão exaustos e ainda têm de enfrentar essa ansiedade de saber se passaram." Para ela, por mais que seja difícil deixar a expectativa da aprovação de lado, o importante agora é relaxar. "Tem de fazer o que gosta, como atualizar a lista de filmes, jogar futebol, ler revistas, se divertir com jogos eletrônicos", sugere.   O coordenador da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), que organiza a prova da Unicamp, Renato Pedrosa, recomenda que os estudantes não pensem muito nas provas, para descansarem melhor.   "Já fui vestibulando e também passei por essa mesma situação", lembra. "O segredo é marcar as datas importantes e, daqui até lá, fazer coisas que não tenham a ver com vestibular", afirma Pedrosa, que alerta os estudantes para não perderem os prazos de matrícula. Para ele, o momento é de viajar, passear e fazer exercícios físicos, para "liberar energia".   Na opinião do pesquisador da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) Rogério Chociay, quem fica tenso aguardando as listas desperdiça tempo. "Não é uma sentença de morte", explica. "A batalha já foi travada e, se vier a reprovação, o mundo não vai acabar. Tem de continuar tentando."  

Mais conteúdo sobre:
pontoedu vestibular matrícula

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.