WAGNER DIAS/ABR
WAGNER DIAS/ABR

Dilma destaca educação como caminho para igualdade de oportunidades

'A insuficiência de rendimento das crianças de escolas públicas está na raiz da desigualdade', afirma

Agência Brasil,

08 Novembro 2012 | 15h03

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 8, que quer um País, no mínimo, de classe  média e com igualdade de oportunidades. Segundo ela, a educação é fundamental para alcançar esse patamar.

“Sabemos que há um caminho que, junto com as demais iniciativas e, mais do que as outras, tem o poder de assegurar a permanecia e estabilidade do acesso das pessoa à igualdade de oportunidades e esse caminho é a educação”, disse durante a cerimônia de lançamento do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. A medida vai destinar R$ 2,7 milhões para capacitação de professores e aquisição de material didático com a meta de alfabetizar todas as crianças até os 8 anos.

Segundo Dilma, é preciso perseguir as proposta do pacto de forma “obsessiva”. “Nós todos precismos nos comprometer com a alfabetização na idade certa. [Isso] é responsabilidade do estado e também da sociedade e das famílias”, avaliou.

Dados do Ministério da Educação apontam que a média nacional de crianças brasileiras não alfabetizadas aos oito anos chega a 15,2%, mas há estados onde esse índice é bem mais elevado. A taxa de não alfabetização no Maranhão, por exemplo, alcança 34% e a de Alagoas, 35%. As regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste têm índices melhores. O Paraná tem a menor taxa do País: 4,9%.

Ao falar sobre o analfabetismo infantil – foco de combate do pacto lançado hoje –, a presidente ressaltou que é preciso agir para evitar que as crianças brasileiras tenham dificuldade de ler, escrever e para que elas possam dominar a matemática. “Está em jogo o futuro  do Brasil. A insuficiência de rendimento das crianças de escolas públicas está na raiz da desigualdade", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.