DF terá nova universidade pública

Decreto assinado pelo governador do Distrito Fedral, Rogério Rosso, criou nova instituição de ensino. Composta por unidades públicas de educação superior, profissional e tecnológica, a Universidade Regional de Brasília e Entorno (Urbe), com sede em Samambaia, terá aulas em todas as cidades do DF.

AGÊNCIA BRASÍLIA

28 Setembro 2010 | 10h38

 

De acordo com o governador, serão aproveitadas em estruturas já existentes. “Para não gastar dinheiro com construção e não perder tempo, vamos aproveitar as escolas já construídas, as estruturas da Secretaria de Educação e as unidades do DF”.

 

Para a secretária de Saúde, Fabíola Aguiar, a Urbe também significará um avanço para a Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS). A escola – que ministra gratuitamente cursos superiores de Medicina e Enfermagem – passará a ter, segundo Fabíola, outro status, pertencendo a uma universidade.

 

Para implantar e organizar a Urbe, o governador criou uma Comissão Executiva, coordenada pelo diretor geral da ESCS, Mourad Ibrahim Belaciano. Junto com secretários de Estado, Procuradoria Geral do DF e diretores das academias, a comissão terá 90 dias para concluir os trabalhos.

 

Campos de atuação da Urbe:

- Saúde, Biotecnologia e Meio Ambiente

- Educação e Magistério

- Letras e Línguas Estrangeiras Modernas

- Ciências e Matemática

- Música, Dança e Artes Cênicas e Plásticas

- Educação Física e Esportes

- Segurança Pública, Defesa Social, Direitos Humanos e Cidadania

- Engenharias e áreas Tecnológicas de setores produtivos

- Arquitetura e Urbanismo

- Gestão Governamental de Políticas Públicas e de Serviços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.