Dezesseis cidades de São Paulo são pré-selecionadas para ter curso de Medicina

Do total de 42 municípios escolhidos no País, menos de um terço está no Norte e Nordeste

O Estado de S. Paulo

03 Dezembro 2013 | 11h14

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira, 3, a lista de 42 municípios pré-selecionados para receber cursos de Medicina, iniciativa que também faz parte do Programa Mais Médicos. Na portaria do MEC no Diário Oficial da União, publicada nesta segunda, há 16 cidades do Estado de São Paulo. As regiões Norte e Nordeste do País ficaram com 12 representantes, menos de um terço dos escolhidos.

Mais de 200 municípios se inscreveram para receber graduações de Medicina em instituições de ensino superior privado em seus territórios. Para serem selecionadas na primeira etapa, as cidades deveriam ter mais de 70 mil habitantes, não serem capitais de Estado e não contarem com graduação de Medicina. O prazo para que os municípios não selecionados entrem com recurso é 9 de dezembro. 

Na segunda fase, as cidades deverão cumprir requisitos de infraestrutura, como presença de hospital de ensino, número de leitos e programas de residência. Há ainda uma terceira etapa, em que o MEC analisará o plano de melhorias dos equipamentos públicos e programas de saúde do município. O resultado final da seleção será divulgado pela pasta em 20 de dezembro.

Mais Médicos. A seleção de cidades para a implantação de novos cursos de Medicina faz parte do Programa Mais Médicos, iniciado em julho, que tem o objetivo de levar mais profissionais de saúde às periferias das grandes cidades e ao interior do País. O governo federal prevê a criação de mais 11.447 vagas de graduação em Medicina, além de 12 mil vagas em residência médica.

Cidades pré-selecionadas:

Nordeste

Bahia: Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina e Juazeiro

Ceará: Crato

Maranhão: Bacabal

Pernambuco: Jaboatão dos Guararapes

Piauí: Picos

Norte

Pará: Ananindeua e Tucuruí

Sul

Paraná: Campo Mourão, Guarapuava e Umuarama

Rio Grande do Sul: Erechim, Ijuí, Novo Hamburgo e São Leopoldo

Sudeste

Espírito Santo: Cachoeiro de Itapemirim

Minas Gerais: Muriaé, Passos, Poços de Caldas e Sete Lagoas

Rio de Janeiro: Três Rios

São Paulo: Araçatuba, Araras, Assis, Bauru, Cubatão, Guarujá, Indaiatuba, Jaú, Limeira, Mauá, Osasco, Pindamonhangaba, Piracicaba, Rio Claro, São Bernardo do Campo e São José dos Campos

Centro-Oeste

Goiás: Aparecida de Goiânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.