Dez cursos com mais vagas no Sisu registram 60% de desinteresse

Veja os cursos com mais vagas na terceira etapa do processo

Estadão.edu

01 Março 2010 | 20h21

Os dez cursos que mais oferecem vagas nesta terceira e última etapa do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tiveram, juntos, uma desinteresse de quase 60%. Das 2.765 vagas disponíveis nessas instituições na primeira etapa, 1.591 (57,55%) ainda não foram preenchidas. O curso de Direito da Federal de Pelotas (MG), por exemplo, teve apenas 21 das 132 cadeiras preenchidas.   Cursos    Vagas  Sobra    Ciência e Tecnologia  Federal do ABC (SP)  752  389   51,73%  Enfermagem  Federal de Mato Grosso (MT)  265  207  78%  Humanidades  Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (MG)  182  150  82,4%  Ciências e Tecnologia  Federal Rural do Semi-árido (RN)  450  142  31,5%  Ciências Biológicas  Federal do Piauí (PI)  199  134  67,3%  Matemática  Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (PI)  220  128  58,18%  Ciências Biológicas  Federal de Mato Grosso (MT)  165  111  67,27%  Zootecnia  Federal de Mato Grosso (MT)  240  111  46,25%  Direito  Federal de Pelotas (MG)  132  111  82%  Medicina Veterinária  Federal de Mato Grosso (MT)  160  108  67,5% Confira aqui a lista completa   Veja mais:  Lista por Estado  Lista por instituição de ensino   As inscrições na terceira etapa vão até quarta, dia 3. Ao todo, são oferecidas 21.701 vagas - quase metade do total da primeira etapa, que foi de 47,9 mil.   Para tentar preencher todas as vagas, o Ministério da Educação (MEC) anunciou na semana passada que haverá uma lista de espera após esta fase. O candidato não aprovado terá de confirmar o interesse pela vaga no curso no qual disputava vaga. O prazo para manifestar o interesse vai de 9 a 12 de março - durante o período da confirmação de matrícula dos convocados na terceira etapa.

Mais conteúdo sobre:
pontoedu sisu vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.