Desafio BM&FBovespa tem 30 escolas disputando R$ 25 mil

Estudantes participam da última etapa de simulação de investimentos em ações que podem render prêmio real

Elida Oliveira e Paulo Saldaña, Especial para o Estadão.edu

27 Novembro 2009 | 18h05

Alunos de escolas públicas estaduais, municipais, técnicas e de colégios particulares participarão amanhã da final do Desafio BM&FBovespa. Serão trinta escolas disputando o prêmio de R$ 25 mil, que será concedido ao grupo que tiver maior rentabilidade em investimentos em ações.   Desde abril já foram feitas seis eliminatórias entre 210 escolas. As vencedoras em cada eliminatória estarão na disputa final de amanhã, que começa às 10 horas no espaço BM&FBovespa, no centro de São Paulo. Serão 15 escolas estaduais, 12 particulares, 2 técnicas e uma municipal. Em cada grupo estarão de três a cinco alunos do ensino médio, acompanhados de seus professores. "Soube do desafio por meio de divulgação da BM&FBovespa. Resolvi inscrever o grupo para estimular a leitura de gráficos e a aprendizagem de conceitos matemáticos", disse o professor de matemática da Etec José Geraldo Alckmin, em Taubaté, Maurício de Paula Lima.  O evento começa com palestra sobre educação financeira feita por Cássia D'Aquino, e segue com dicas sobre simulador financeiro. A disputa final acontece na sequência. Os grupos partem com um valor inicial de aplicação, obtido ao longo das eliminatórias do Desafio feitas neste ano. Todos os valores ao longo da disputa são fictícios, mas guiam o desafio do começo ao fim.  São 5 rodadas de simulação e a cada uma delas  os estudantes recebem envelopes com fatos relevantes de empresas listadas na Bolsa.  No próprio simulador as equipes ainda tem acesso a cenários enconômicos diferentes (entre eles, situaçoes como reformas políticas, aumento do dólar, ou a descoberta de um novo poço de petróleo pela Petrobrás). O professor não participa desta etapa, fica apenas na torcida. A Etec em que o professor Maurício Lima leciona foi a primeira colocada na primeira etapa e está em segundo lugar geral para a grande final de amanhã. Pedro Guedes, 17 anos, aluno de Lima, investe em simulações virtuais de investimento em ações desde 2006. Aluno do primeiro ano do ensino médio, ele já obteve, neste tempo, rentabilidade de 120%. "Não quero viver disso, apenas quero ter um salário confortável aos 30."  O grupo vencedor receberá R$ 25 mil para investimento em ações, podendo resgatar o valor em 12 meses. Se, na prática, os grupos mantiverem os rendimentos alcançados nas disputas virtuais, poderão resgatar cerca de R$ 40 mil, ou, continuar aplicando. E o investimento é seguro? "É arriscado, mas se souber fazer direitinho, tem retorno garantido", diz Lima.  Para a gerente de programas de popularização da BM&FBovespa, Patrícia Quadros, a intensão é tornar o investimento em ações mais popular. Um dos meios é o desafio feito com os estudantes do ensino médio. Outras formas são os simuladores e programas de incentivo, que facilitem a intermediação do público com o mercado. "Não adianta dizer 'vamos investir'. Temos que mostrar como organizar o orçamento pessoal e administrar o dinheiro. Fazemos com que a pessoa enxergue o dinheiro diferente e, no fim, possa propiciar o desenvolvimento pessoal."  Das 555.768 pessoas físicas que investiram na Bolsa em outubro, 39.588 estão na faixa etária de 16 a 25 anos. O Desafio BM&FBovespa foi criado em 2006 e já atraiu 8,2 mil interessados. De acordo com Patrícia Quadros, a maior parte dos vencedores das edições anteriores optou por não resgatar o valor recebido e continuou investindo em ações. "Estamos tentando mudar paradigmas, mostrar que a bolsa é para todo mundo. Não precisa ser milionários para participar." AcompanheO Estadão.edu vai acompanhar a final do Desafio BM&FBovespa amanhã, no espaço BM&FBovespa, no centro de São Paulo. A disputa começa às 10 horas, com palestra sobre educação financeira feita por Cássia D'Aquino, seguida por dicas de simulados de operações financeiras e uma pesquisa de satisfação. A parte prática da disputa começa às 12h30. A divulgação das cinco escolas vencedoras, a entrega dos prêmios e dos brindes aos participantes será feita às 13h30. As notícias serão veiculadas no blog do Estadão.edu e no twitter @estadaopontoedu.  

Mais conteúdo sobre:
pontoedubm&fbovespaações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.