Julia Britto
Julia Britto

Depoimento: ‘Minha vontade é ser CEO’

João Gabriel Britto, aluno de Administração na FGV

O Estado de S.Paulo

30 Novembro 2017 | 00h07

Mais novo, eu pensava que faria Engenharia, porque gostava muito de Matemática. Mas também me interessava por um lado mais humano, conversar com as pessoas, na linha da gestão. Vi que o curso de Administração uniria esses dois lados. Sou de Salvador (BA) e fui morar na cidade de São Paulo porque as oportunidades na área estão por aqui. Vim também pela qualidade do curso, que me foi muito bem recomendado. 

O primeiro ano tem sido o que eu esperava, porque há uma mistura de finanças e cálculos com Filosofia e projetos. Além das aulas, faço um estágio de mercado financeiro dentro de uma entidade da FGV, que é como se fosse uma empresa de verdade. Acho que o grande desafio da humanidade é conseguir se relacionar com as outras pessoas de forma simples e correta.

Na minha turma tem gente que gosta mais de números, outros que são voltados para as pessoas, e aqueles que misturam um pouco dos dois lados, como eu. 

O que parece ser comum é que todos nós queremos tudo para agora. Como se quiséssemos ser CEOs já (risos). Eu realmente acho interessante a posição de líder, penso em ser um. Mas não consigo me imaginar com 2o pessoas em uma mesma organização para conseguir isso. Sei que vou querer trocar de área, conhecer tipos diferentes de empresas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.