Nilton Fukuda
Nilton Fukuda

Delfim Netto é eleito Professor Emérito 2012

Prêmio é concedido todos os anos por Ciee e 'Estado' a quem presta serviços relevantes à educação

Estadão.edu,

13 Setembro 2012 | 17h37

O economista Antônio Delfim Netto receberá o título Professor Emérito – Troféu Guerreiro da Educação 2012. O prêmio, uma parceria entre o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e o Estado, é concedido anualmente a personalidades que prestaram serviços relevantes à educação no Brasil.

De acordo com Luiz Gonzaga Bertelli, presidente executivo do CIEE, a comissão julgadora do prêmio elegeu por unanimidade o economista. "Delfim foi reconhecido por sua dedicação como professor de Economia e, principalmente, pelo importatante papel que teve na difusão de modernas teorias econômicas", diz.

Formado em economia pela USP em 1951, o paulistano do bairro do Cambuci começou a exercer, já no ano seguinte ao de sua graduação, a função de docente como assistente na disciplina "Estatística econômica e econometria". Em 1963, tornou-se o primeiro ex-aluno da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA-USP) a ocupar a posição de professor catedrático na universidade.

Na vida pública, Delfim Neto também teve uma atuação destacada. Foi secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, em 1966, e ministro da Fazenda, entre 1967 e 1974, nos governos de Costa e Silva e Ernesto Geisel. O economista ficou conhecido como um dos responsáveis pelo “milagre econômico”, período de grande crescimento do País. Ele foi ainda ministro da Agricultura e do Planejamento no governo de João Batista Figueiredo e também eleito para quatro mandatos como deputado federal por São Paulo.

O Prêmio Professor Emérito chega à sua 16.ª edição, já tendo sido concedido recentemente à médica e professora Angelita Gama (2011), ao jurista e gramático José Cretella Junior (2010), ao médico cirurgião Adib Jatene (2009), o filólogo Evanildo Bechara (2008) e ao tributarista e jurista Ives Gandra (2007).

A cerimônia de entrega do troféu ocorrerá no dia 15 de outubro, Dia do Professor, no Espaço Sociocultural – Teatro CIEE, em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
Delfim Netto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.