Defensoria quer adiar prova extra do Enem para prejudicados

Termina hoje o prazo de convocação para refazer o exame, mas há quem não tenha sido chamado

Isis Brum e Mariângela Gallucci, Jornal da Tarde

10 Dezembro 2010 | 11h23

Hoje é o último dia para que os vestibulandos sejam informados sobre os locais de prova para o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para o dia 15 deste mês, às 13h. Ontem, contudo, a Defensoria Pública da União protocolou uma ação civil pública na Justiça Federal do Rio de Janeiro pedindo que seja adiada a data da prova.

 

O defensor público André Ordacgy quer que a data seja remarcada para um fim de semana. “Muita gente trabalha”, diz.

 

Outro problema, segundo Ordacgy, é que o teste coincidirá com vestibulares, como o do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e o da Universidade Federal do Piauí. O defensor também criticou a forma como os candidatos estão sendo convocados, de última hora, por telefonemas, SMS ou e-mails.

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, sugere que os alunos consultem sobre a possibilidade de refazer a prova em seu site, na página www.inep.gov.br, usando CPF e senha de cadastro. Foi o que fez a cearense Nayara Priscila Nascimento Sousa, de 17 anos. Ao consultar a resposta do servidor foi a de que “a solicitação não havia sido feita”. “É a esperança de um ano todo jogada fora”, resume Nayara, que presta Engenharia Civil. “A minha prova era a amarela e tinha questões faltando e repetidas”, conta.

 

Segundo a estudante, os problemas foram registrados pelo fiscal. Ou seja, ela se encaixaria na gama de contemplados com um segundo Enem: alunos que receberam provas amarelas com erros de impressão e comunicaram ao fiscal. Ontem, foi publicada no Diário Oficial da União a lista com os 218 municípios, de 17 estados, que receberão o novo Enem. Segundo o Inep, os problemas atingiram 2.817 alunos ou 0,1% do total dos mais de 4,5 milhões de inscritos.

Mais conteúdo sobre:
Enem Defensoria Pública Enem 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.