Decretos dão maior autonomia a institutos federais

Depois de permitir autonomia na gestão de recursos e facilitar a reposição de quadro nas universidades federais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem três decretos que trazem impactos semelhantes aos institutos federais. Os textos com as mudanças devem ser publicados hoje no Diário Oficial da União.

Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

23 Setembro 2010 | 10h29

 

Lula participou ontem da reunião anual do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que reúne 38 institutos federais. Para o ministro da Educação, Fernando Haddad, as medidas estimulam a eficiência do gasto público.

 

“De um lado, oferece liberdade de gestão; de outro, cobra resultado, tanto de qualidade quanto de quantidade Quanto à autonomia financeira, Haddad explicou que os institutos poderão remanejar o orçamento. “Um reitor fazia esforço de economia de luz para onde ia o dinheiro? Para o Tesouro Nacional. Agora, pode economizar energia e adquirir um laboratório novo.”

Mais conteúdo sobre:
decretos autonomia institutos federais lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.