Decisão sobre festas no câmpus da USP fica para dezembro

Conselho Gestor da Cidade Universitária discute norma para regulamentar a eventos; jovem morreu no local em setembro

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

05 Novembro 2014 | 21h07


SÃO PAULO - O Conselho Gestor do câmpus da Universidade de São Paulo (USP) concluirá somente em dezembro a resolução ou portaria que regulamenta as festas na Cidade Universitária, na zona oeste da capital. A decisão foi tomada em reunião do órgão nesta quarta-feira, 5.

A USP discute a realização de festas no câmpus, problema antigo da instituição, desde o início do ano. O debate ganhou força, no entanto, após a morte do estudante Victor Hugo dos Santos, de 20 anos, durante evento do grêmio da Escola Politécnica em setembro.

Em entrevista ao Estado em outubro, a superintendente de Prevenção e Proteção Universitária Ana Lúcia Schritzmeyer disse que a reitoria pretende aumentar o rigor das punições contra responsáveis por festas ilegais, que chegam a reunir milhares de pessoas. Outro entendimento, segundo ela, é que o câmpus não tem capacidade para eventos de grande porte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.