Curso técnico atrai quem quer área de Saúde

Cursos de nível técnico em saúde vêm crescendo como alternativa para jovens que gostam da área mas não passam pelos inúmeros obstáculos no caminho de uma faculdade de Medicina. Menos concorridos ? por enquanto ? e mais acessíveis ao bolso da maioria, cursos de Enfermagem, Radiologia Médica, Nutrição e Farmácia estão também abrindo boas oportunidades para estágio.Uma das instituições que oferece cursos técnicos de Enfermagem e Radiologia Médica é o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Ciências da Saúde (CeFACS), mantido pela Fundação Zerbini e pelo Instituto do Coração (Incor), que ampliou sua parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) para oferecer oportunidades de estágio e a participação de alunos nos cursos gratuitos de qualificação do centro.De acordo com Eduardo Esper, gerente de Integração Escola Empresa do CeFACS, a demanda por técnicos na área de saúde é crescente. Tanto que o Centro de Formação não só aumentou a oferta de vagas para as turmas de Enfermagem e Radiologia, como também deve instalar novos cursos de Nutrição e Farmácia.As vagas de estágio também aumentaram na área. Segundo o CIEE, em 2002 foram abertas 248 oportunidades para estudantes do curso técnico de Enfermagem. Em 2003, a oferta aumentou para 333 vagas, um crescimento de 30%.A média de salário para um profissional já formado vai de R$ 1.500 a R$ 1.800. E muitos conseguem estágio remunerado ainda durante o curso, que dura em média de um a dois anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.