Curso de Direito no DF pode ser fechado

Ministério da Educação abriu processos administrativos para desativar o curso de Direito do Centro Universitário Planalto do Distrito Federal e reduzir a oferta de vagas em outras cinco instituições: Centro de Ensino Superior de Vitória, Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná, Faculdade Comunitária de Campinas, Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central (Faciplac) e o da Universidade Camilo Castelo Branco em São Paulo.

Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

25 Novembro 2010 | 10h16

Os cursos cumpriram parcialmente ou “não satisfatoriamente” medidas determinadas pelo Termo de Saneamento de Deficiências. Segundo o MEC, o termo foi assinado por cursos com baixo desempenho no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). As portarias com as decisões foram publicadas no Diário Oficial da União. As instituições terão 15 dias para apresentar defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.