Cristovam quer colaboração de ex-ministro para substituir Provão

O ministro da Educação, Cristovam Buarque, disse ter estranhado a reação negativa do ex-ministro Paulo Renato Souza à proposta de criação do Sistema de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que entre outras mudanças extingue o atual modelo do Exame Nacional de Cursos, o Provão.O ministro, entretanto, disse que vai convidar Paulo Renato a indicar um representante para participar dos debates sobre o novo sistema de avaliação do ensino superior.Para Cristovam, é incompreensível que o criador do Provão não aceite que o instrumento também passe por avaliação. O ministro garante que a cultura de avaliação inaugurada pelo governo anterior terá continuidade, porém usando um modelo capaz de mensurar a efetiva qualidade dos cursos.O projeto do novo sistema de avaliação do ensino superior, preparado por um grupo de especialistas, está no Congresso e será alvo de consultas públicas. O texto seguiu na quarta-feira para as comissões de Educação do Senado Federal e da Câmara dos Deputados.A proposta definitiva deverá ficar pronta em outubro, mas a idéia é reavaliar o sistema permanentemente para que não fique "desatualizado e inócuo".

Agencia Estado,

05 de setembro de 2003 | 11h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.