Cristovam promete à UNE mudar Provão

O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Felipe Maia, conseguiu nesta quarta-feira do ministro da Educação, Cristovam Buarque, a promessa de que o Provão deste ano - marcado para domingo - será o último a ser aplicado da forma como é."É um compromisso nosso que esta forma de fazer avaliação, chamada Provão, seja feira pela última vez", anunciou o ministro. Mas ele avisou que manterá a avaliação do ensino superior. Maia entregou ao ministro uma lista com nove propostas de mudanças.A UNE quer que a avaliação não seja focada exclusivamente no estudante, numa única prova como é hoje, mas que considere todo o processo de formação acadêmica, desde a graduação, a pós-graduação, a pesquisa e a extensão.

Agencia Estado,

04 de junho de 2003 | 21h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.