Cristovam incita estudantes a exigir verbas para educação

O ministro da Educação, Cristovam Buarque, convocou nesta quarta-feira os estudantes secundaristas a fazerem uma passeata na Esplanada dos Ministérios por mais dinheiro para a educação, no orçamento da União de 2004. Em palestra feita em uma escola pública em Brasília, o ministro disse que se constrange pelo fato de o governo não ser capaz sequer de indicar emque ano conseguirá fazer as coisas como deve."Ainda dá para dar desculpa, não é? Oito meses, coisa e tal, blábláblá, o orçamento ainda é importado, mas a gente vai ter que responder. A gente não veio aí apenas para manter como está. A gente veio para mudar. E se a mudança não aparece tem que ser cobrada, tem que ser reclamada com firmeza", afirmou.O ministro se prontificou a informar com antecedência os estudantes sobre a data de votação do orçamento, para que organizem a manifestação.Em entrevista, Cristovam negou que estivesse pedindo mais verbas para o Ministério da Educação. Ele ressaltou, no entanto, que épreciso aumentar o investimento em ensino pelos próximos 20 anos, para que o País dê um salto."Este ano eu não peço mais dinheiro, porque sou do governo e sei que é impossível. Para o próximo ano sei que já foi um esforço muito grande colocar o aumento que nós vamos ter para 2004. Por isso, não vai ser em 2003 nem em 2004 que a gente vai fazer a grande revolução que oBrasil precisa."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.