Cristovam defende universalização do ensino, desde o pré-natal

Cristovam Buarque acredita que o Brasil está no caminho certo para fazer a revolução que o governo Lula pretende na educação, cujo objetivo é gerar igualdade de oportunidades de ensino de qualidade para todos. A afirmação foi feita, nesta sexta-feira, pelo ministro, que participa de videoconferência para bibliotecas de todo o País. O evento é promovido pela Unesco, como parte da semana "Educação para todos". Cristovam disse que o ensino precisa ser universalizado em todos os níveis - se possível desde o pré-natal - como forma de garantir boa educação e evitar que o país conviva com o analfabetismo que hoje atinge 21 milhões de pessoas. A viodeoconferência foi aberta pelo representante da Unesco no Brasil, Jorge Werthein, e teve participação do senador Aloysio Mercadante (PT-SP) e da secretária de Ensino Fundamental do MEC Maria José Feres. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.