Cristovam compara Moraes Moreira a Castro Alves

Foi uma tarde de tietagem explícita. O ministro da Educação, Cristovam Buarque, ouviu nesta quinta-feira em seu gabinete a composição feita por Moraes Moreira para a campanha de erradicação do analfabetismo. Diante de uma sala cheia de funcionários, com um violão, Moreira cantou Indagação do Analfabeto. Depois da apresentação, Cristovam empolgou-se e comparou Moreira a Castro Alves."Quando poetas entram nos movimentos, as coisas vão em frente. Foi assim com Castro Alves e a Abolição. Já conseguimos o nosso poeta." Desde que a campanha da erradicação do analfabetismo foi lançada, o ministro faz um paralelo entre a iniciativa e a libertação dos escravos.CoroA comparação não foi o primeiro elogio feito a Moraes Moreira. Depois de ouvir a composição para a campanha contra o analfabetismo, Cristovam pediu ao compositor que cantasse Meninas do Brasil, música composta na década de 80. Mais uma vez, os funcionários fizeram coro.O compositor cedeu os direitos de Indagação do Analfabeto para a campanha. "Quero ajudar no quer for possível. Existem várias causas, mas para mim a erradicação do analfabestimo é especialmente importante", disse Moreira. A música deve integrar o novo CD do compositor, com lançamento previsto para o segundo semestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.