Contag quer bolsa de estudo para jovens do campo

Representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) encaminharam à Secretaria de Educação Superior (SESu) do Ministério da Educação e ao ministro Tarso Genro pedido de bolsas de estudo para jovens trabalhadores rurais e filhos de ruralistas matriculados em escolas públicas de nível superior. A idéia é contemplar, ainda no segundo semestre de 2004, 600 bolsistas. Se implantado, o projeto vai beneficiar cada aluno doprograma com um auxílio no valor de R$ 220 mensais. Os recursos serão bancados pela SESu e utilizados na manutenção dos alunos.A Contag também reivindicou ao MEC que os currículos das universidades localizadas em áreas rurais sejam adaptados às exigências profissionalizantes do campo. Como as Instituições de Ensino Superior (IES) têm autonomia na definição dos currículos de seus cursos, a partir da explicitação das competências e as habilidades que se deseja desenvolver, a SESu enviou ofício à Câmara Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE) solicitando a intermediação do órgão.

Agencia Estado,

22 de maio de 2004 | 05h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.