Consumo de drogas e álcool começa cada vez mais cedo

Especialistas e médicos têm um motivo a mais para se preocupar com os índices de consumo de drogas no Brasil. De acordo com dados da Secretaria Nacional Antidrogas, é cada vez mais jovem o perfil dos usuários: crianças começam a consumir drogas por volta dos 10 anos de idade.Outro dado que assusta especialistas diz respeito ao consumo de bebidas alcoólicas. Segundo a presidente do Conselho de Entorpecentes do Distrito Federal, Rosilda Oliveira, o índice de jovens que consomem bebida tem aumentado: "Antes, nossa preocupação era com jovens de 16 a 21 anos. Hoje, infelizmente, crianças de 10 anos já bebem", informou.A preocupação é dividida entre médicos, especialistas, professores e pais. Na Semana Nacional Antidrogas, o 0800 da Secretaria Antidrogas chega a receber cerca de mil ligações por dia. Este número representa mais que o dobro de ligações em dias normais.Na maioria dos casos, são pessoas que pedem publicações sobre o tema ou querem esclarecer dúvidas com os especialistas que participam da semana. Nesses momentos, os organizadores chegam a registrar cerca de 60 ligações.Dados da Escola Paulista de Medicina mostram que 25% dos jovens brasileiros já experimentaram algum tipo de droga. O problema tem mobilizado setores do governo, como a Secretaria Nacional de Direitos Humanos.O secretário Nilmário Miranda defende medidas inclusive contra as chamadas drogas lícitas, com um controle mais rígido sobre a propaganda de bebidas nos meios de comunicação. Para ele, é preciso deixar de associar bebida a comportamentos positivos e sadios, como acontece nas atuais propagandas exibidas na televisão. Miranda explica que somente programas de geração de renda, inclusão social e educação podem contribuir para reduzir o número de usuários.De acordo com a diretora de Prevenção e Tratamento da Secretaria Antidrogas, Paulina Vieira, dados comprovam que o consumo de drogas no Brasil, em comparação com outros países, é relativamente baixo. Contudo, enquanto nos outros países o consumo tende a baixar, no Brasil existe uma tendência de crescimento e consumo precoce.

Agencia Estado,

24 de junho de 2003 | 12h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.