Consórcio federal criará dois pólos universitários no RJ

Reitores das quatro universidades federais e diretores de dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) assinaram com o Ministério da Educação um protocolo de intenções para a formação de dois pólos universitários: em Volta Redonda (sul fluminense) e Nova Iguaçu (Baixada Fluminense). Um consórcio deve ser constituído com as seis instituições federais e o MEC para executar os projetos.O protocolo foi assinado pelo próprio ministro Tarso Genro, na quarta-feira, no Palácio Gustavo Capanema - representação regional do MEC no Rio - e pelo secretário de Educação Superior do ministério, Nelson Maculan.Universidades autônomasOs pólos vão funcionar em instalações já existentes e utilizarão recursos humanos e técnicos das universidades federais e dos Cefets. A idéia é que, em cerca de três anos, eles virem?universidades autônomas?, explicou o representante regional do MEC no Rio, William Campos.Os dois pólos devem começar a funcionar no segundo semestre, com a abertura de pelo menos dois novos cursos em cada um, em caráter experimental, previu Campos, estimando em 200 o número de alunos que seriam atendidos inicialmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.