Conselho de reitores anuncia reajuste salarial para docentes e servidores das estaduais

Aumento é inferior ao dado pela USP a seus servidores menos qualificados

Estadão.edu

18 Maio 2011 | 10h59

O Conselho dos Reitores das  Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), em reunião realizada na última terça-feira, concedeu reajuste salarial de 8,4 % para docentes e servidores técnico-administrativos das Universidades Estaduais Paulistas. O incremento é inferior ao que foi aprovado pelo Conselho Universitário da USP para servidores na semana passada. Na ocasião, a entidade uspiana aprovou aumento de até 26,9% para funcionários com menor qualificação.

Veja abaixo nota emitida pelo Cruesp:

 

O Cruesp, em reunião realizada nesta data, com o Fórum das Seis, concedeu reajuste salarial de 8,4 % para docentes e servidores técnico-administrativos das Universidades Estaduais Paulistas.

Esse índice, a ser aplicado sobre os vencimentos de maio de 2011, situa-se 2,0 % acima do índice de inflação medido pelo IPC-Fipe no período de maio de 2010 a abril de 2011, que foi de 6,4 %.

O reajuste de 8,4 % também confirma o esforço de preservação e de crescimento salarial em curso nos últimos anos, uma vez que, de junho de 2000 a maio de 2011, os salários nas três Universidades Estaduais Paulistas foram reajustados em 137,92%, contra uma inflação de 90,23% no mesmo período, medida pelo IPC-Fipe.

Com o índice concedido em 2011, o Cruesp mais uma vez reafirma o propósito de preservar o poder aquisitivo dos salários e, ao mesmo tempo, manter o indispensável equilíbrio financeiro das Universidades.

Cruesp

Conselho dos Reitores das  Universidades Estaduais Paulistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.