Conheça as oportunidades nas faculdades e os cursos ofertados para o 2.º semestre

Existem mais instituições que também oferecem exames no meio do ano para as vagas disponíveisem seus cursos de graduação. Anote na agenda as informações gerais sobre inscrições e provas

Tulio Kruse, Especial para o Estado

15 Maio 2018 | 03h00

- Metodista - Psicologia

Dinamismo para acompanhar mudanças

Catalizadas por meios de comunicação supereficientes, as mudanças sociais, como nas famílias ou na sexualidade, devem estar sempre sob a atenção dos psicólogos. De acordo com Renato Caio Silva Santos, professor de Psicologia da Universidade Metodista, “não importa quando você se formou, vai precisar sempre se manter atualizado, pois o foco da psicologia são relações dinâmicas.” É importante o vestibulando interessado na carreira saber que, após formado, ainda precisará de muita leitura.

A coordenadora do curso, Mariantonia Chippari, explica que não há um perfil muito definido de pessoas que se dão bem com a área. A carreira oferece diversos rumos que o profissional pode seguir, e é possível encontrar o segmento mais adequado, da área hospitalar a Recursos Humanos. 

“O ponto principal de trabalho são relações humanas. É preciso ter uma sensibilidade, saber escutar.” Se tornar psicólogo, porém, não significa estar livre dos números. Há conteúdos de estatística aplicada no curso e, de acordo com Mariantonia, alguns estudantes expressam desgosto por essa parte da graduação.

Saiba mais: A psicologia organizacional foi durante anos soberana como área de maior absorção de recém-formados. Continua no topo, mas é acompanhada mais de perto pelas políticas públicas de Saúde. A maior parte dos ingressantes em Psicologia na Metodista, segundo a coordenadora do curso, Mariantonia Chippari, diz ter inclinação para trabalhar em clínica. Muitos realmente vão e fazem um caminho mais longo. São necessários, por exemplo, cursos de especialização.

INSCRIÇÃO: Aberta até 17 de maio

VAGAS: 40

DATA DA PROVA: 20 de maio

RESULTADO: 22 de maio

MENSALIDADE: A partir de R$ 1.423

SITE: portal.metodista.br

- FEI - Engenharia Elétrica

Para encarar a energia de forma global

O meio ao qual o engenheiro eletricista está integrado deve ser o mais amplo possível, chegando ao âmbito internacional.

Segundo o coordenador do curso de Engenharia Elétrica do Centro Universitário FEI, Renato Giacomini, “há necessidade de projetos para atendimento de questões locais e globais, cujos produtos podem ser produzidos no Brasil ou em outras partes do mundo.”

É essencial gostar de tecnologia, afinal, a área é uma das responsáveis pelo desenvolvimento de diversos equipamentos já presentes no cotidiano – e será responsável por muitos outros.

Beatriz Testa, aluna do terceiro período do curso da FEI, aponta dedicação e capacidade de se planejar como características necessárias durante a formação de engenheiros eletricistas. “Quanto antes o estudante tiver contato com a realidade da profissão, melhor para o desenvolvimento profissional”, afirma Beatriz. 

A estudante da FEI conta ainda que, graças ao crescente número de congressos e workshops sobre essa área acadêmica, tanto nacionais quanto internacionais, tem aumentado a disponibilidade de informações sobre novas pesquisas. 

Saiba mais: Engenheiros eletricistas tendem a ser protagonistas no desenvolvimento de alternativas energéticas. No Brasil, a produção de energia hidrelétrica está “no limite”. Haverá grande aumento do custo, caso a demanda cresça. Fontes energéticas como a luz solar e o vento, em evidência no mundo todo, dependem da atuação dos profissionais da área. A disseminação de carros elétricos poderá demandar uma formação de profissionais ainda mais especializados.

INSCRIÇÃO: Aberta até 6 de junho

DATA DA PROVA: 16 de junho

VAGAS: 1.303 (todas as Engenharias)

RESULTADO: 21 de junho

MENSALIDADE: A partir de R$ 1.947

SITE: fei.edu.br

- PUC-SP - Relações internacionais

Perfil plural para conectar o mundo

O curso de Relações Internacionais (RI) é marcado por uma formação ampla. Não é à toa que no mercado de trabalho muitos setores diferentes incluem a contratação dos profissionais da área em funções que mesclam, por exemplo, funções de Economia e Administração.

Senso crítico, capacidade analítica aguçada e formação humanística estão entre os pontos lembrados por quem é da área para falar da profissão. “São características que dão flexibilidade para esse perfil profissional. Há uma pluralidade muito grande”, diz a coordenadora do curso de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Terra Budini.

“A gente vê a inserção de profissionais de RI em vários setores e práticas distintas. Desde o setor privado, em uma perspectiva geralmente mais relacionada a um trabalho econômico, a vagas no setor público e no terceiro setor, em ONGs”, afirma.

Não poderia ser diferente. No Brasil, a área já nasceu associada aos cursos de Ciência Política e, aos poucos, foi construindo identidade própria. O curso da PUC-SP, de 1995, é o primeiro do Estado de São Paulo e um dos pioneiros no País. 

Saiba mais: Para o estudante de Relações Internacionais, não basta interesse pela diplomacia e facilidade com idiomas. Os alunos devem estar atentos à grande carga de leitura e à habilidade de colocar problemas em perspectiva, segundo a coordenadora do curso da PUC-SP, Terra Budini. “É um curso que demanda um aluno interessado em vários aspectos das ciências humanas, que goste de analisar cenários, se dedicar a assuntos que são multicausais”, diz. 

INSCRIÇÃO: Aberta até 24 de maio

DATA DA PROVA: 10 de junho

VAGAS: 50

RESULTADO: 21 de junho

MENSALIDADE: R$ 3.090

SITE: vestibular.pucsp.br

- São Camilo - Nutrição

Dietas de origem duvidosa, que prometem resultados espantosos em pouco tempo, se tornaram um desafio crescente para os nutricionistas. Único habilitado para prescrever e orientar regimes na alimentação e avaliar carências nutricionais, esse profissional agora tem de lidar com o problema das notícias falsas que se propagam na internet.

“Atualmente, embora a profissão continue sendo valorizada, pelas redes sociais chegam informações sobre dietas, adicionadas a suplementos alimentares e ‘poderes milagrosos’ de determinados alimentos, que nem sempre possuem sustentação científica”, alerta a coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo, Sandra Chemin.

O problema causa uma busca por nutricionistas mais especializados. Segundo a aluna Roberta Carbonari, há uma “necessidade de se manter constantemente atualizado e preparado” para desmistificar o senso comum.

O Brasil tem atualmente cerca de 123 mil nutricionistas, segundo o Conselho Federal de Nutrição, uma comunidade crescente. O mercado de trabalho para a área ainda oferece diferentes áreas de atuação.

Saiba mais: A nutrição vai além do emagrecimento, da estética e da dieta, lembra a aluna Roberta Carbonari, do Centro Universitário São Camilo. Segurança alimentar e o estudo de fatores relacionados a alimentos, como efeitos fisiológicos e emocionais, estão no escopo da profissão. “Nosso instrumento de trabalho é o alimento, o que se torna por si só um grande desafio, visto o quanto ultimamente o alimento vem sendo rotulado, seja como solução ou como vilão”, diz Roberta.

INSCRIÇÃO: De 22 de maio a 18 de agosto

DATA DA PROVA: 2 de junho (1º exame) 

VAGAS: Não divulgado

RESULTADO: 13 de junho

MENSALIDADE: R$1.453

SITE: saocamilo-sp.br

- FGV - Direito

"Menos ideias prontas, mais habilidade"

Depois de formados, advogados encontram em seu campo de trabalho problemas com soluções preestabelecidas. Há, porém, outras tantas questões sem fórmula mágica disponível.

Será necessário desenvolver habilidades para resolver com desenvoltura questões imprevisíveis, alerta o coordenador da graduação em Direito da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP), Roberto Dias. “Os melhores profissionais do Direito terão de enfrentar problemas jurídicos complexos e multifacetados.”

Além das disciplinas obrigatórias e eletivas, no currículo da graduação em Direito da FGV-SP, há também “clínicas de prática jurídica e projetos multidisciplinares”, nas palavras do coordenador do curso da FGV.

Para a aluna Helena Queiroz, do 1.º ano de Direito na FGV, o principal desafio da profissão é ir além das normas nas interpretações dos casos. “É necessário que sejamos arquitetos do Direito que pensam em soluções jurídicas, e não somente operadores que aplicam regras”, diz Helena. Aos candidatos interessados na área jurídica, ela ressalta que é fundamental ter pensamento crítico. 

Saiba mais: Tradicional carreira com protagonismo da leitura e da argumentação, o Direito não passa incólume aos avanços tecnológicos. Facilidade para lidar com bases de dados e inteligência artificial será útil na advocacia e nas carreiras públicas, segundo especialistas. A FGV tem pesquisas sobre o uso da tecnologia no Direito e oferecer disciplinas sobre o tema, fornecendo aos alunos conteúdo teórico e técnico.

INSCRIÇÃO: De 02/07 a 9/10

VAGAS: 80

DATA DA PROVA: 2/11 (1ª Fase)  e 15/11 (2ª Fase)

RESULTADO: Sem data definida

MENSALIDADE: R$ 5.139,89

SITE: vestibular.fgv.br

- FAAP - Design

Desenho em busca de soluções inovadoras

Do desenho de uma embalagem ao projeto de um novo serviço, o Design está expandindo sua área e abraçando diferentes manifestações. Resolução de problemas e busca por soluções inovadoras estão entre os desafios constantes da profissão. Para resolvê-los, é preciso percepção e sensibilidade para a necessidade do consumidor.

Na graduação em Design da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), a proposta é oferecer uma formação multidisciplinar para enriquecer o repertório. O estudante tem a possibilidade de cursar até quatro disciplinas, por semestre, de outros cursos, conforme sua preferência.

“O objetivo é proporcionar o desenvolvimento de competências indispensáveis ao profissional de hoje, como versatilidade, visão ampla e capacidade de atuar em diferentes contextos”, diz o coordenador do curso, Marcelo Castilho. 

Para a aluna Isabella Boyadjian, do 6.º semestre do curso da Faap, falta valorização e compreensão da importância do trabalho entre clientes. “Bom design não é apenas um produto bonito, mas sim aquilo que é feito para melhorar o dia a dia das pessoas”, acredita.

Saiba mais: Para o coordenador do curso de Design da FAAP, Marcelo Castilho, a profissão deve se beneficiar do reaquecimento da economia em 2018. A área industrial sofreu com a recessão nos últimos anos. O setor, no entanto, está se renovando com uma aposta em tecnologia e sustentabilidade. “O Design tem se firmado como uma importante área de conhecimento voltada à nova economia, onde impera a inovação e a busca por processos e soluções”, afirma Castilho. 

INSCRIÇÃO: Aberta até 8 de junho

VAGAS: 80

DATA DA PROVA: 10 de junho

RESULTADO: 13 de junho

MENSALIDADE: R$ 3.595

SITE: vestibular.faap.br

- Mackenzie - Arquitetura

Projetando uma nova cultura de cidade

Não só de tijolos, argamassa, gesso, vidro e outros elementos concretos são feitos a arquitetura e o urbanismo, mas também de ideias. Na avaliação do professor do Mackenzie Lucas Fehr, o desafio da profissão no Brasil é cultural: o hábito de projetar e planejar é tímido, e pouco valorizado.

Tradicionalmente mais forte na área de projetos de arquitetura, o curso do Mackenzie está implementando um novo currículo pedagógico, com o objetivo de reforçar a atuação no urbanismo e a integração multidisciplinar entre todas as áreas.

“É uma alteração que o curso faz já em função das necessidades profissionais que o egresso irá enfrentar, que o mercado hoje exige: uma formação mais ampla”, explica Fehr. 

Conceitos como o “direito à cidade” e discussões sobre acesso à moradia foram incluídas na esteira de discussões sobre a sustentabilidade da vida nas metrópoles. Com esse e outros ajustes, a intenção é preparar o aluno para mais oportunidades no mercado. Para quem se interessa pela área, o professor avisa: a profissão é exigente, e interesse pelo mundo das ideias é pré-requisito.

Saiba mais: As possibilidades de carreira para arquitetos e urbanistas são mais amplas do que a maior parte dos candidatos ao vestibular imagina. Além do trabalho como autônomo e em empresas no setor de construção, há oportunidades no setor público e em organizações não-governamentais, como órgãos que prestam auxílio técnico em construções. Segundo o professor Lucas Fehr, do Mackenzie, houve aumento da demanda por serviços no setor no último ano.

INSCRIÇÃO: Aberta até 25 de maio

VAGAS: 240

DATA DA PROVA: 6 e 7 de junho

RESULTADO: 21 de junho

MENSALIDADE: R$ 2.992

SITE: vestibular.mackenzie.br

- Insper - Administração

Do escritório às atividades práticas

Os recursos tecnológicos atravessaram as fronteiras da área de produção. Por fornecer, entre outras coisas, habilidades que facilitam o entendimento das preferências dos consumidores, a afinidade com tecnologia vai se tornando essencial para o administrador. Segundo o coordenador de graduação em Administração do Insper, Guilherme Martins, um conhecimento pelo menos básico em programação ajuda muito.

O curso de Administração de Empresas é popularmente apontado como uma carreira para vestibulandos indecisos. Martins afirma que esse rótulo já foi superado, mas faz uma concessão. “Se tem uma profissão em que o indeciso pode se dar bem, é essa.”

Segundo Martins, os cursos precisam proporcionar situações em que o aluno desenvolva habilidades que só vêm de atividades práticas no curso. “Experiência não é só estágio”, diz. 

Os estudantes devem procurar instituições de ensino que estimulem esse tipo de aprendizado e mostrem as possibilidades de atuação nas mais diferentes organizações. “Isso inclui empresas privadas, públicas, ONGs, empresas digitais”, explica o coordenador.

Saiba mais: Boa comunicação e habilidade em relacionamentos são mantras conhecidos no mundo corporativo. As chamadas “soft skills” também estão no radar das escolas de Administração. “Eu aprendi muito a me comunicar, a fazer trabalho e grupo na minha graduação, e isso são coisas que são bastante importantes na carreira hoje”, conta a estudante Mahya Baldacci, do 6º ano do curso do Insper, que trabalha na área de e-commerce.

INSCRIÇÃO: Encerrada – seleção via Enem aberta até 11 de junho 

VAGAS: 160

DATA DA PROVA: 31/5 (1ª fase) e 15/6 (2ªf) 

RESULTADO: 16/7

MENSALIDADE: R$ 4.230

SITE: insper.edu.br/vestibular/

- Unip - Odontologia

Foco na empatia, não nas máquinas

Se as inovações tecnológicas mudam constantemente as regras do mundo profissional, quem se forma em Odontologia têm atualmente preocupações mais humanas: atenção no atendimento e observação minuciosa ao tratar o paciente estão entre as principais preocupações entre os dentistas.

Segundo Michael Arsenian, professor do curso

e Odontologia da Universidade Paulista (Unip), o principal desafio da profissão hoje é formar profissionais “líderes, empreendedores, que trabalhem com o espírito de equipe e estejam aptos a encarar os desafios de acolhimento e humanismo”. Ao contrário de muitas carreiras, a Odontologia não vive o impacto da automação, ao menos na percepção de quem vive o dia a dia como dentista. Isso porque o ofício depende menos dos computadores e mais da postura do profissional para ser bem feito.

“Mesmo com a inserção de tecnologia, acho que o dentista acaba desempenhando um trabalho mais minucioso e manual”, diz a aluna Deborah Bignardi, do 7.º semestre de Odontologia na Unip. “Você tem de saber observar, então continuamos tendo a mesma demanda (por trabalho).”

Saiba mais:  Saber interpretar os sintomas de um paciente em detalhes, dos gestos no corpo ao relato de problemas, não se aprende só nos livros. Por isso, uma das mudanças recentes no curso de Odontologia da Unip, segundo o professor Michael Arsenian, é a ênfase maior na exposição do aluno a atividades de atendimento comunitárias. A experiência começa já no primeiro semestre, mas a característica se mantém ao longo do curso.

INSCRIÇÃO: Aberta até 30 de maio

VAGAS: 115

DATA DA PROVA: Várias datas entre maio

e julho; e a prova também pode ser agendada

RESULTADO: 48 horas após a prova

MENSALIDADE: R$ 2.130

SITE: unip.br

- ESPM - Publicidade

Criatividade, mas de olho nos resultados

Criatividade e perspicácia sempre ajudam, mas a constante ampliação do mercado de trabalho para publicitários demanda profissionais com formação mais eclética.

“Cerca de 40% dos nossos alunos vão trabalhar em marketing ou trade marketing, eles precisam estudar mercadologia, finanças, gestão”, diz o coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Paulo Cunha. Mais recentemente, as mídias sociais aqueceram a produção de peças audiovisuais, de foto e texto – remodelando antigos formatos. Parece uma grande novidade, mas a carreira de publicitário sempre esteve estreitamente atrelada aos avanços técnicos. “Um dia, a televisão foi tecnologia, o rádio foi tecnologia, a foto colorida em um anúncio foi tecnologia.”

Danilo Silvério, aluno do 7.º semestre do curso da ESPM, porém, vê este como um momento de transição. “Ninguém sabe dizer muito ao certo o que vai ser o futuro da comunicação”, afirma o estudante. As formas mais eficientes de medir os resultados do trabalho, de acordo com Silvério, fizeram com que o nível de exigência acabasse subindo. 

Saiba mais: Antes um conceito mais ligado à área de Finanças, o “retorno sobre investimento” (ROI, na sigla em inglês) está cada vez mais presente no cotidiano do publicitário. Também chamada simplesmente de “taxa de retorno”, a ideia é simples: comparar a relação do dinheiro ganho com o resultado do valor investido. Como ferramentas digitais permitem mensurar com precisão o crescimento do público que consome uma marca, as agências são cada vez mais cobradas.

INSCRIÇÃO: Aberta até 25 de maio

VAGAS: 210

DATA DA PROVA: 27 de maio

RESULTADO: 5 de junho

MENSALIDADE: R$ 3.985

SITE: espm.br

- IBMEC - Economia

Entendimento da rapidez dos mercados

Outras formas de consumo, novos comportamentos em ambientes digitais e a necessidade permanente de prever como as pessoas fazem escolhas em cenários em constante transformação. Os desafios no campo da Economia cresceram com inovações tecnológicas, mas aumentou também o número de ferramentas para mensurar e interpretar a nova realidade dos mercados. 

“Vai ser extremamente fascinante estudar e trabalhar nesse mundo cada vez mais conectado e a Economia oferece uma ferramenta incrível, um olhar rigoroso e apaixonante para lidar com o que temos pela frente”, diz o professor de Economia do Ibmec João Ricardo Costa Filho.

Interdisciplinaridade, uma das características marcantes nessa área desde sua fundação, permanece importante. Transitar por temas de disciplinas como História, Matemática e até Psicologia é uma das exigências profissionais.

“Podemos brincar que o economista é como um ornitorrinco”, diz Costa. “Assim como o animal que curiosamente parece ter sido ‘montado’ a partir de partes de diferentes animais, o economista vai recrutar o conhecimento em diversas ciências.” 

Saiba mais: Teoria econômica continua fundamental, mas a aposta de algumas instituições de ensino é trabalhar com mais aulas práticas e estimular o protagonismo dos estudantes. A intenção é acostumá-los a lidar com o imprevisto e estimular a criatividade. “A academia percebeu que o ensino deve incorporar as mudanças na sociedade, nas relações, e trazer uma participação mais ativa do aluno”, conta o professor de Economia do Ibmec João Ricardo Costa Filho. 

INSCRIÇÃO: Aberta até 21/5

VAGAS: 30 

DATA DA PROVA: 27/5 (1ª fase) e 4 a 7/6

RESULTADO: 13/6

MENSALIDADE: R$3.860

SITE: ibmec.br/sp/

Einstein - Medicina

Novo diagnóstico na era da informação

O acesso cada vez mais fácil à informação já está transformando a relação entre médicos e pacientes, e promete mudar ainda mais. Para quem tem interesse em cursar Medicina, será ainda mais necessário entender profundamente dados científicos e estatísticos, e ter sempre a melhor informação disponível para comunicar diagnósticos, riscos e incertezas de maneira clara.

“Por causa da velocidade e do volume com que o conhecimento médico é produzido, faz-se necessário desenvolver habilidades de independência intelectual no estudante de Medicina para garantir um profissional melhor preparado para aquisição, análise e aplicação da informação médica”, afirma o coordenador do curso de Medicina da Faculdade Israelita Albert Einstein, Júlio César Martins Monte. 

Alguns cursos de Medicina estão reformulando metodologias e atualizando conteúdos para lidar com novos desafios na formação. Disciplinas pouco tradicionais na área de Saúde, relacionadas a gestão, liderança e tópicos avançados de análise da informação, são cada vez mais comuns em currículos como conteúdos obrigatórios, diz o coordenador. 

Saiba mais:  O equilíbrio entre a vida acadêmica e a pessoal merece a atenção dos futuros médicos. Pelo volume de informações ou pela rotina desgastante, os alunos acabam sob forte pressão emocional em uma etapa em que escolhas e valores estão amadurecendo. “A saúde mental do estudante de Medicina deve ser preservada com uma vida equilibrada”, diz o coordenador Júlio César Martins Monte, da Faculdade Israelita Albert Einstein.

INSCRIÇÃO: Encerrada para o vestibular – transferências até 31 de maio

VAGAS: 6

DATA DA PROVA: 1º de julho

RESULTADO: 10 de julho

MENSALIDADE: R$ 6.642,86

SITE: einstein.br/ensino

Senac - Engenharia de Produção

Atenção a todas as áreas da empresa

Para o engenheiro de produção, não basta mais visar apenas à viabilidade econômica dos projetos. Esse profissional também deve ter atenção com a viabilidade socioambiental. E a exigência deverá aumentar.

O coordenador do curso de Engenharia de Produção do Centro Universitário Senac, Sérgio Mancini, explica que as competências esperadas desse profissional atualmente “têm de abranger áreas relacionadas à eletrônica e à programação, e a questões amplas que envolvem várias partes interessadas para estudar problemas e indicar possíveis soluções”.

Novas metodologias de ensino, novos conteúdos nas disciplinas, e maior integração com empresas, têm sido a estratégia do Senac para que os estudantes tenham mais contato com a realidade profissional. 

Nos desafios enfrentados cotidianamente, é comum profissionais de áreas diferentes trabalharem no mesmo projeto. O engenheiro de produção precisa estar habituado a essa multidisciplinaridade. Mancini diz que, por meio desses projetos realizados em parceria com empresas, problemas reais são levados para as salas de aula. O Senac receberá inscrições para o curso de Engenharia de Produção no processo seletivo para o início de 2019.

Saiba mais: Antes de escolher a Engenharia de Produção, o vestibulando deve esperar alto grau de exigência na graduação. O professor Sérgio Mancini, do Senac, explica que esse profissional é capacitado para resolver problemas com foco nos resultados e criar formas inovadoras para alcançar os objetivos e transformar a realidade. “Se estiver disposto a isso e a ter razoáveis força de vontade e perseverança, terá oportunidade de desenvolver uma carreira de sucesso”, diz.

INSCRIÇÃO: Aberta até 10 de junho para 24 cursos 

VAGAS: não divulgado

DATA DA PROVA: 24 de junho

RESULTADO: 10 de julho 

MENSALIDADE: não divulgado

SITE: sp.senac.br/vestibular

- Fecap - Ciências Contábeis

Mais oportunidades além das contas

O profissional de Contabilidade deixou de ser um mero registrador de operações. Hoje, o foco das universidades é ampliar o espectro de atuação e abrir os olhos para oportunidades em diversas áreas. 

“A academia está tentando incutir visões que sejam mais empresariais, discutir temas com a cabeça mais aberta, é cada vez mais um curso voltado para formar um líder de uma área que envolva questões comerciais mais complexas” diz o aluno Alan Goldberg, do 8.º semestre de Ciências Contábeis da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap).

O emaranhado de siglas que formam o sistema tributário brasileiro ajuda a impulsionar os contadores como profissionais importantes dentro das empresas. Mas, além dessa, há outra grande área de atuação, de acordo com o coordenador do curso da Fecap, Ronaldo Fróes: a contabilidade societária.

Fica a cargo do contador “preparar demonstrações financeiras em padrão internacional para que as grandes empresas tenham competitividade internacional, possam buscar os melhores recursos, financiamentos e investidores”

Saiba mais: A tecnologia tende a ocupar, no médio prazo, as partes mais repetitivas da contabilidade. Ronaldo Fróes, porém, está seguro quanto ao futuro da profissão. “Vai sobrar espaço, vai sobrar tempo para os profissionais se atualizarem.” Uma mudança já está em curso: contadores prestam cada vez mais consultoria. Após a Operação Lava Jato, outra área de atuação ganhou destaque: há mais demanda por auditorias contábeis.

INSCRIÇÃO: Até 27 de julho

VAGAS: 119 (matutino) e 242 (noturno)

DATA DA PROVA: Várias entre maio e junho (conforme a demanda) 

RESULTADO: 2 dias úteis após data da prova

MENSALIDADE: A partir de R$ 1.299

SITE: fecap.br

Veja outros vestibulares

UNIVERSIDADE

ANHEMBI MORUMBI

Data da prova: 4 de maio a 7 de junho 

Vagas: Não divulgado

Inscrições: Até 10 de junho

Resultado: 12 de junho 

Site: anhembi.br 

Mensalidade: Não divulgado

UNI DRUMMOND

Data da prova: 19 de maio

Vagas: Não divulgado 

Inscrições: Abertas continuamente

Resultado: Dois dias úteis depois da data

em que for realizada a prova

Site: drummond.com.br 

Mensalidade: A partir de R$ 298

ESTÁCIO

Data da prova: De segunda a sábado, mediante agendamento

Vagas: Não divulgado

Inscrições: Abertas continuamente

Resultado: No mesmo dia da prova

Site: inscricoes.estacio.br 

Mensalidade: Sob consulta no site

FACULDADE

DAS AMÉRICAS (FAM)

Data da prova: Todas as provas são agendadas individualmente 

Vagas: Mais de 8 mil

Inscrições: Abertas continuamente

Resultado: Dois dias úteis após a data

da realização da prova

Site: vemprafam.com.br 

Mensalidade: De R$ 199 a R$ 8.200

FMU COMPLEXO EDUCACIONAL

Data da prova: 9 de junho

Vagas: Não divulgado

Inscrições: De 28 de maio a 8 de junho

Resultado: 12 de junho

Site: portal.fmu.br 

Mensalidade: Não divulgado

FACULDADE DE CIÊNCIAS

MÉDICAS DA SANTA CASA

DE SÃO PAULO (FCMSP)

Data da prova: 26 de maio

Vagas: 88

Inscrições: Até 25 de maio

Resultado: 28 de maio

Site: fcmsantacasasp.edu.br 

Mensalidade: R$ 479

FUNDAÇÃO INSTITUTO

DE ADMINISTRAÇÃO (FIA)

Data da prova: 1 de outubro

(para ingresso em 2019)

Vagas: 100

Inscrições: Abertas até 28 de setembro

Resultado: 4 de outubro

Site: fia.com.br 

Mensalidade: R$ 2.800 ou R$ 1.450,

com parcelamento 

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS (PUC-CAMPINAS)

Data da prova: 9 de junho

Vagas: 350

Inscrições: Abertas até 28 de maio

Resultado: 18 de junho

Site: puc-campinas.edu.br 

Mensalidade: Não divulgado

FACULDADES INTEGRADAS

RIO BRANCO

Data das provas: 27 de maio,

24 de junho e 29 de julho

Vagas: 1.447 (presencial); 1.350 (EAD)

Inscrições: Abertas até 27 de julho

Resultado: Em diversas datas,

de acordo com a data da prova

Site: riobrancofac.edu.br 

Mensalidade: Não divulgado

UNIVERSIDADE

SÃO JUDAS TADEU

Data da prova: 20 de maio

Vagas: 1.478

Inscrições: Abertas até 20 de maio

Resultado: 25 de maio

Site: usjt.br/vestibular 

Mensalidade: A partir de R$ 794

UNIVERSIDADE

NOVE DE JULHO (UNINOVE)

Data da prova: De segunda a sábado,

mediante agendamento

Vagas: Não divulgado

Inscrições: Permanecem abertas continuamente

Resultado: Entre 17/5 e 2/8

Site: seletivo.uninove.br 

Mensalidade: A partir de R$ 128 (EAD)

e R$221 (presencial)

FUNDAÇÃO INSTITUTO

DE PESQUISAS CONTÁBEIS, ATUARIAIS E FINANCEIRAS (FIPECAFI) 

Data da prova: Todas as provas são agendadas individualmente

Vagas: 120

Inscrições: Abertas até 1º de agosto

Resultado: Prazo não divulgado

Site: fipecafi.org 

Mensalidade: De R$ 590 a R$ 1.498 

Expo CIEE 2018

Ciência, empreendedorismo e tecnologia estão na pauta da 21ª Expo CIEE. Considerada a maior feira estudantil da América Latina focada em educação, capacitação e direcionamento profissional para o público jovem, o evento terá mais de 20 palestras focadas em discutir as tendências do mercado de trabalho e as oportunidades para estudantes. A intenção é proporcionar um espaço de encontro entre empresas, instituições de ensino e alunos em busca de inserção na carreira.

A programação traz uma hackathon, que deve reunir programadores, designer e outros profissionais de tecnologia para uma maratona focada no desenvolvimento de softwares durante o evento. Entre os destaques também está a palestra da especialista em programas de recrutamento do Google para a América Latina, Larissa Armani. Focada em garantir jovens talentos e diversidade na empresa, ela já trabalhou com marketing digital para pequenos anunciantes e grandes agências. A feira ocorre entre os dias 25 e 27 de maio na Bienal do Parque do Ibirapura, na zona sul de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.