Confira o gabarito oficial do vestibular das Fatecs de SP

Cerca de 51 mil candidatos fizeram a prova neste domingo; professores do Objetivo acharam exame fácil

Estadão.edu

04 Dezembro 2011 | 18h38

SÃO PAULO - As Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo realizaram seu vestibular neste domingo, 4. Os candidatos fizeram 54 questões de múltipla escolha e uma redação. O gabarito já está disponível para consulta no endereço www.vestibularfatec.com.br, onde também é possível baixar a prova.

 

O exame teve cinco horas de duração. Ao todo, 51.898 estudantes disputam 11.360 vagas no processo seletivo para o 1.º semestre de 2012.

 

As 52 Fatecs oferecem 61 cursos de graduação tecnológica gratuitos. Neste vestibular, a carreira mais concorrida é Análise e Desenvolvimento de Sistemas, nas Fatecs Zona Leste (21,45 candidatos/vaga, à noite) e São Paulo (18,29 c/v, à noite, e 17,13 c/v, de manhã).

 

No dia 19 de janeiro de 2012, cada Fatec vai divulgar a lista de classificação geral e a primeira lista dos convocados para matrícula. Se as vagas oferecidas não forem preenchidas na primeira chamada, a segunda lista será afixada somente na faculdade, no dia 24 de janeiro de 2012.

 

Redação

 

Redes sociais são a bola da vez entre os vestibulares. Depois do Enem, foi a vez das Fatecs pedirem para os candidatos abordarem o tema na sua prova de redação. Os estudantes tiveram de escrever um texto dissertativo sobre a relação entre a amizade e o papel das redes sociais na vida moderna.

 

Para isso, tiveram a ajuda de dois textos, escritos pelos filósofos Marco Túlio Cícero, na obra A Amizade, e Montesquieu, para o Dicionário Universal de Citações.

 

Na resolução comentada do exame, os professores do cursinho Objetivo disseram: "Por tratar-se de um tema complexo e controverso, é provável que a banca examinadora não esperasse um posicionamento radical por parte do candidato, mas sim uma reflexão ponderada, que levasse o leitor a reconhecer que somos nós, humanos dotados dos mais variados e contraditórios sentimentos, que controlamos as redes sociais, colocando-as a serviço dos nossos interesses, inclusive o de fazer e cultivar amigos".

 

A prova teve 9 questões multidisciplinares, 5 testes de raciocínio lógico e outros 40 sobre as disciplinas do chamado núcleo comum do ensino médio. Segundo professores do Objetivo, o exame apresentou nível médio de dificuldade e foi bem apropriado para avaliar os interessados a uma vaga nas Fatecs.

 

Humanas

 

Para a professora Vera Lúcia da Costa Antunes, de geografia, o vestibular surpreendeu pela melhora da qualidade das questões. "Esta edição foi bem melhor que as anteriores. Antes era uma prova fácil, com questões simples e alternativas curtas. Os alunos nem tinham muito o que pensar para responder. Mas agora o exame não deu nada de graça. Trouxe pequenos textos, uma mapa e uma tirinha para análise dos estudantes", afirma.

 

A banca de história seguiu a tradição de não cobrar Antiguidade e Idade Média, avalia o professor de história Ciro de Moura Ramos. Caíram duas questões de história geral e três de Brasil. "Foram testes bem formulados e diretos. Os alunos não tiveram grandes problemas." Para o professor, a questão multidisciplinar que abrangia o conteúdo de história (teste 5) foi "meio desconjuntada". "O teste está mal amarrado, embora não seja difícil respondê-lo, já que tudo leva à alternativa C, sobre Hitler."

 

Exatas

 

Os professores de química, física e matemática disseram que a prova teve nível de dificuldade entre fácil e médio.

 

"O aluno tinha que parar para pensar, fazer relações e chegar à resposta, mas não se atrapalhou nesse processo", opina Alessandro Nery, que leciona química.

 

Segundo o professor de matemática Carlos Seno, o conteúdo da disciplina estava bem distribuído pela prova. "Fizeram o possível com apenas cinco questões", afirma. Ele diz que o exame teve um tom "tradicional", com testes "bem elaborados".

 

Em física, o vestibular cobrou mecânica, óptica, ondas, eletricidade e termologia. "Conseguiu avaliar o conteúdo trabalhado ao longo do ensino médio", afirma Ricardo Balbino. "O exame não exigiu grandes cálculos e estava muito adequado para ser uma prova de conhecimentos gerais."

 

Biologia

 

O professor de biologia do Objetivo Luiz Augusto de Barros elogiou a banca. "Está de parabéns. Montou esquemas muito bem feitos e trouxe questões sem nenhum equívoco ou alternativa dúbia."

 

Linguagens

 

Todas as cinco questões de inglês estavam baseadas no texto intitulado The Psychology of Money, que fala do bem-estar que as pessoas sentem ao consumir. "Foi uma prova tranquila, em que o aluno bem preparado não encontrou dificuldades", diz o professor Claudio Latorraca.

 

Já os testes de língua portuguesa tinham como base dois textos, ambos sobre mutantes. O Objetivo não localizou professores da disciplina para comentar a prova.

Mais conteúdo sobre:
Vestibular Fatec

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.