Confira a prova resolvida da 1.ª fase da Fuvest

Confira as questões resolvidas da primeira fase da Fuvest 2005 e os comentários de professores dos cursinhos Objetivo e Etapa:Português A prova exigiu um bom domínio do idioma, valorizando a escrita e a leitura. As questões privilegiaram interpretação de texto e os teores lingüístico e estilístico. O conteúdo de Literatura abordou textos de três autores, mas, paralelamente, exigiu conhecimento de todas as obras do programa. (Fernando de Andrade, professor do Objetivo)Inglês A prova foi tradicional e exigiu interpretação de textos. Todas as questões foram redigidas em inglês e houve apenas uma tradução. O teste não teve perguntas específicas sobre gramática. A Fuvest busca alunos que leiam e interpretem, com fluência, bons textos em inglês. (Cristina Armagnijan, professora do Objetivo)Química Mantendo a tradição, a prova é de nível médio para superior. Em quatro questões, o aluno encontrou dificuldades para interpretar gráficos. O conteúdo não foi bem distribuído e mais da metade da prova abordou questões de físico-química. No entanto, o teste foi original, inusitado e criativo. (Antonio Mario Salles, professor do Objetivo)Física A prova foi excelente e seu grau de dificuldade foi médio. Todas as questões foram bem elaboradas e não provocaram dúvidas nos candidatos. O exame classifica os alunos com bom preparo e desempenho. Essa prova foi mais fácil do que a aplicada no vestibular do ano passado. (Eduardo Figueiredo, professor do Objetivo)Biologia Embora seja criativa, a prova é de nível médio para baixo. As questões são fáceis e os alunos que têm noção de biologia solucionam tranqüilamente. Há perguntas com enunciados originais, mas não exigiam grande conhecimento do candidato. A distribuição dos conteúdos foi equilibrada. (Luiz Carlos Bellinello, professor do Objetivo)História Foi uma prova de bom nível, mantendo o padrão Fuvest. O exame exigiu do candidato interpretação de textos curtos, não sendo cansativa a ponto de prejudicar o desempenho em outras questões. Com perguntas interdisciplinares, a prova mostrou que História não é memorização. (Francisco Alves da Silva, professor do Objetivo)Matemática A prova, certamente, foi de difícil solução para os candidatos, seguindo o padrão dos vestibulares tradicionais. Geometria foi a área mais abordada no exame. Duas questões apresentaram imprecisão no enunciado, fato que pode prejudicar o desempenho do bom candidato. (Edmilson Motta, professor do Etapa Vestibulares)Geografia A prova foi bem mais fácil em relação ao ano anterior. A Fuvest apresentou exame criativo, com tabelas e mapas. O conteúdo exigiu conhecimentos básicos e abordou aspectos humanos, econômicos, relacionados ao meio ambiente e às regiões brasileiras. (Vera Lúcia Antunes, professora do Objetivo)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.