Começam as inscrições para o exame da Fuvest

Este ano, além das mais de 200 opções de graduação que a Universidade de São Paulo (USP) oferece, o vestibulando terá para escolher outros dez cursos, alguns deles inéditos no País. A USP Leste pôs à disposição 1.020 vagas. As inscrições podem ser feitas neste sábado e no dia 19, mediante entrega da ficha nos postos da Fuvest das 8h00 às 17h00.Entre as opções, está o curso de Gerontologia, por exemplo, comum em países europeus. Ele foi criado para atender os idosos, levando em consideração o aumento da expectativa de vida no Brasil. "Daqui a poucos anos teremos mais idosos do que crianças. Atualmente, são 14 milhões de pessoas com mais de 60 anos", diz Yeda Aparecida de Oliveira Duarte, coordenadora do curso.A função do gerontólogo será dar assistência domiciliar, jurídica e promover a inclusão do idoso no mercado de trabalho.Para quem prefere lidar com crianças, o curso de Obstetrícia, outra novidade da USP Zona Leste, capacitará profissionais para a promoção e preservação do parto normal. A obstetra será uma espécie de parteira.A coordenadora do curso, Dulce Maria Rosa Gualda, diz que o acompanhamento é imprescindível, pois muitas mulheres e recém-nascidos ainda morrem por falta de orientação.Já o curso de Gestão de Políticas Públicas, que ensina os sistemas de decisões das autoridades públicas, chamou a atenção até do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, segundo a presidente da comissão de elaboração dos cursos da USP Zona Leste, Miriam Krasilchik. Ela acredita que a aceitação destes cursos pioneiros será boa e que eles serão tão bem-vindos quanto necessários.Produzir tecidos, planejar sua produção e coordenar o desenvolvimento de novas coleções são algumas das capacitações do curso de Tecnologia Têxtil e da Indumentária. Assim como todos os outros cursos, este terá a duração de quatro anos.Variantes de profissões já existentes, os outros seis cursos apresentam suas particularidades. O de Lazer e Turismo, por exemplo, é mais voltado à promoção de eventos culturais. O de Gestão Ambiental estuda o meio natural e as interferências que sofre, assim como o de Licenciatura em Ciências da Natureza, único para o qual é necessária a graduação.Este abrange diversas áreas da ciência e busca chamar a atenção para a importância da responsabilidade social e ambiental.Ainda há os cursos de Ciências da Atividade Física, Sistemas de Informação e o de Marketing. Miriam diz que esses novos cursos foram criados após dois anos e meio de pesquisas em universidades de diversas partes do mundo e receberão apoio de universidades da Holanda e da Dinamarca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.