Começa o 9º Colóquio Internacional de Jogos de Tabuleiro

Acontece a partir desta quarta-feira o 9º Colóquio Internacional de Jogos de Tabuleiro em Ouro Preto, Minas Gerais. O evento, que vai até o dia 6, reunirá cerca de 100 estudiosos de 11 países e fará parte do currículo da Proex, Pró-reitoria de extensão da Universidade Federal de Ouro Preto.Dessa forma, a comunidade da cidade histórica poderá vivenciar a existência de jogos de todo o mundo, com destaque para os jogos dos índios brasileiros, em exposição especialmente montada na casa onde viveu o Mestre Athayde. Esses encontros internacionais acontecem desde o ano de 1995, já tendo sido sediados em Leiden, na Holanda, Florença, na Itália, Friburgo, na Suíça, Barcelona, na Espanha, Marburg, na Alemanha, Filadélfia, nos Estados Unidos, e Oxford, na Inglaterra. E pela primeira vez acontecerá em um país da América Latina.No Brasil, o encontro irá apresentar trabalhos de estudiosos da Holanda, Bélgica, Suíça, Inglaterra, Espanha, Portugal, Moçambique, Israel e Estados Unidos, além de participantes da USP, PUC Minas, Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cabral e UNA, entre outras universidades brasileiras.Trata-se de um evento multicultural no qual acadêmicos, professores universitários, curadores de museus e outros profissionais envolvidos em pesquisa de jogos na comunidade internacional falam dos diversos aspectos dos jogos de tabuleiro e do seu estudo. Participantes também incluem historiadores, escritores, inventores, colecionadores e diretores e representantes de empresas produtoras de jogos.O encontro é a reunião anual da Sociedade Internacional para Estudo de Jogos de Tabuleiro, um grupo interdisciplinar dedicado à pesquisa de jogos de tabuleiro e à história e desenvolvimento de jogos de tabuleiro ao redor do mundo. Algumas pesquisas abordam o assunto de forma mais geral e examinam os jogos como parte do universo lúdico e educativo em diferentes culturas. Outros estudos abordam jogos específicos e sua evolução, incluindo jogos como Gamão, Mancala, Halma, Pachisi, Damas, Xadrez e outros.O evento é realizado pelo Instituto Gerson Sabino, entidade sem fins lucrativos voltada para o desenvolvimento da cultura e da educação, e patrocinado pela Origem Jogos e Objetos. A empresa realizou um grande estudo sobre os jogos e brincadeiras indígenas, que rendeu um especial no portal do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.