Com temperaturas altas, escolas de Santa Catarina adiam reinício das aulas

Ano letivo vai começar no dia 13 ou 17 de fevereiro em instituições de 25 gerências regionais

Tomas M. Petersen, Especial para O Estado

10 Fevereiro 2014 | 18h15

FLORIANÓPOLIS - A previsão de temperaturas altas em Santa Catarina até o final da primeira quinzena de fevereiro fez a Secretaria Estadual de Educação adiar as aulas em 25 gerências regionais. O ano letivo, previsto para começar nesta segunda-feira, 10, foi adiado para o dia 13, em escolas estaduais de 18 regiões, e para o dia 17, em outras sete localidades.

Os adiamentos foram solicitados pelas próprias gerências. "As regionais e os municípios têm autonomia para elaborar o calendário, bem como as suas adequações, em função de peculiaridades regionais, mas desde que cumprido os 200 dias letivos exigidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação", afirmou o secretário da pasta, Eduardo Deschamps. A rede de educação estadual atende 585 mil alunos.

As aulas já começaram normalmente nesta segunda-feira nas escolas das regiões de Concórdia, Itapiranga, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Laguna, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Taió. As gerências destes municípios atendem 121 mil estudantes da rede estadual.

Mais conteúdo sobre:
calor Santa Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.