Colombiana vence 3.º Prêmio Wise de Educação

Projeto de Vicky Arboleda conseguiu aumentar as taxas de retenção escolar, reduzindo a evasão e a repetição nas escolas rurais e multiseriadas de seu país natal

Bia Reis,

29 Outubro 2013 | 11h10

O World Innovation Summit for Education (Wise) 2013, um dos maiores eventos de educação do mundo, começou nesta terça-feira, 29, em Doha, no Catar, com o anúncio do vencedor do 3.º Prêmio Wise para o Laureado em Educação. A escolhida foi a colombiana Vicky Colbert de Arboleda, da Fundação Nueva Escuela, uma organização não governamental criada em 1987 que trabalha para resgatar os vínculos sociais de crianças pobres e com poucas perspectivas, em especial de regiões pouco desenvolvidas, promovendo alianças público-privadas. A ONG, que iniciou seus trabalhos em Bogotá, na Colômbia, defende que a pobreza e a exclusão sejam combatidas com educação.

O modelo pedagógico da Nueva Escuela foi desenhado nos anos 70 por três educadores, entre eles Vicky, para melhorar o ensino primário, no Brasil chamado de fundamental, das escolas rurais e multiseriadas, isto é, aquelas que atendem alunos de diversas idades em uma sala de aula. O modelo trabalha com diferentes aspectos - currículo, questões comunitárias, capacitação e gestão - e impacta não apenas as crianças, mas também professores, funcionários da escola, a família e a comunidade.

A ideia é proporcionar uma aprendizagem ativa, participativa e colaborativa, fortalecendo as relações entre a escola e a comunidade. O modelo aposta na flexibilidade para que os alunos possam avançar nas séries dentro de seu próprio ritmo de desenvolvimento.

O projeto conseguiu aumentar as taxas de retenção escolar, reduzindo a evasão e a repetição, além de melhorar os níveis de aprendizagem, o comportamento democrático e a convivência pacífica nos locais onde foi implementado.

O Primeiro Estudo Internacional Comparativo, produzido pela Unesco em 1998, colocou a Colômbia como o único país onde a escola rural obteve melhores resultados do que a urbana, graças à Nueva Escuela. O modelo também foi apontado pelo Banco Mundial como uma das três propostas de maior êxito em países em desenvolvimento.

O Wise 2013 reunirá de terça a quinta-feira mais de mil profissionais da educação para discutir se a educação que temos hoje é realmente a que precisamos.

*A jornalista viajou a convite da Fundação Catar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.